Black Friday Prorrogada! Seja sócio clique aqui

Clube paulista estaria monitorando situação de Luxemburgo, diz jornalista

21/11/2019 às 21h31 - IMPRENSA

Sampaoli negocia com Racing. Abre espaço para Luxemburgo no Santos

O treinador argentino não quer ficar na Vila Belmiro. Recebeu proposta oficial do Racing. E lobistas já querem a volta de Luxemburgo...

O Internacional já tem garantida uma revolução argentina em 2020.

Não é segredo para ninguém em Porto Alegre. A direção conseguiu convencer Eduardo Coudet a trocar o Racing para trabalhar no Beira-Rio, com a promessa de montar um elenco muito competitivo.

A possibilidade maior é a de que Coudet feche um projeto de dois anos de trabalho.

A direção do Racing tinha no técnico seu grande comandante. E teve cerca de três meses para a analisar a escolha do substituto. O assédio do Inter a Coudet começou em setembro.

E o nome escolhido também é argentino.

Jorge Sampaoli.

A clube de Avellaneda está em boa situação financeira e tem condições de montar um time forte. E negociar a multa do Santos de 2 milhões de dólares, R$ 8,3 milhões, que obriga Sampaoli a trabalhar na Vila Belmiro até o final do próximo ano.

Os dirigentes do Racing já sabem que Sampaoli deseja sair. Acompanharam com alegria a entrevista reveladora de ontem de Paulo Autuori, mostrando os inúmeros erros administrativos santistas que sabotaram o trabalho do técnico argentino.

Como o presidente José Carlos Peres forçar o retorno do indisciplinado Cueva ao elenco.

Além da promessa da falta de dinheiro para o Santos conseguir boas contratações.

O Racing sabe que tem a concorrência de clubes brasileiros, como o Atlético Mineiro e o Cruzeiro.

Mas decidiu agir rápido.

Diego Milito, ex-jogador, e hoje dirigente do Racing acaba de chegar ao Brasil. E já apresentou a Jorge Sampaoli a proposta do clube para que trabalhe em Avellaneda em 2020.

Sampaoli jamais trabalhou em clubes grandes argentinos, só no Argentino de Rosario e no Alumni.

O treinador se mostra disposto a sair, de qualquer maneira, do Santos.

Por maior que seja a identificação com a cidade, com os torcedores.

E já garantiu que não será a multa que irá segurá-lo no clube.

O técnico já tem a confirmação que o elenco seguirá sendo modesto em relação a grandes brasileiros, como Flamengo e Palmeiras, principalmente.

E ele quer vencer títulos.

Na Argentina há a notícia que ele se animou com as primeiras conversas com o Racing. É a primeira proposta oficial que tem nas mãos.

Mas seus representantes esperam outras. Da Europa e do Brasil.

Só que o Racing balançou Sampaoli.

O Santos já analisa o mercado nacional.

E há um movimento de amigos de Vanderlei Luxemburgo infiltrados na diretoria. Eles afirmam que, no Vasco, ele se redescobriu treinador de verdade. E querem que ele volte à Vila Belmiro.

Porque ninguém acredita que Sampaoli continuará.

Ainda mais depois do anúncio da saída de Autuori.

Simples assim...

Fonte: Blog do Cosme Rimoli