Com 124 votos a favor, reforma do estatuto do Vasco é aprovada

28/07/2020 às 23h22 - CLUBE

Na primeira reunião virtual da história do Conselho Deliberativo do Vasco, realizada nesta terça-feira pela plataforma ZOOM, a maioria aprovou ata das reuniões dos dias 29/01/2020, 04/02/2020 e 02/03/2020 que trata a reforma do estatuto como aprovada.

Presidente do Deliberativo, Roberto Monteiro anunciou o resultado às 23h13. Foram 124 votos no "SIM" e 61 no "NÃO", com 13 ausências. Foram 198 presentes na sala online.

A exemplo do acontecido nas sessões pré-isolamento social, o presidente do Conselho Deliberativo, Roberto Monteiro, permitiu que o GloboEsporte.com acompanhasse a reunião na plataforma adotada pelo Vasco.

Antes de a votação ser iniciada, conselheiros discutiram por mais de uma hora e meia uma proposta de reforma de redação feita por Leonardo Rodrigues em relação a alguns artigos. A partir daí, os grandes beneméritos José Carlos Osório e Luís Manuel Fernandes tiveram participação ativa em busca de um acerto consensual. Outros que pediram a palavra constantemente foram os conselheiros Renato Brito e Carlos Fonseca.

Minutos antes de o resultado ser anunciado, a segunda vice-presidente do Vasco, Sonia Maria Andrade, elogiou Roberto Monteiro pela votação online por ter comandado e, consequentemente, ter evitado o contato entre as pessoas. Sonia ainda disse que o sucesso que enxergou na reunião é uma mostra de que até mesmo as eleições presidenciais podem ser realizadas virtualmente.

Silvio Godoi, presidente do Conselho de Beneméritos, elogiou o nível da reunião, dizendo que foi uma das melhores que participou nos últimos anos.

Presidente da Assembleia Geral, Faués Cherene Jassus, Mussa, foi outro a elogiar a primeira votação virtual da história do Vasco. E, a exemplo de Sonia Andrade, afirmou que o encontro desta terça-feira mostrou que novos pleitos podem ser realizados onlines.

Às 23h17, Silvio Godoi puxou o primeiro "Casaca" online com uma microfonia impressionante que causou muitas gargalhadas.

No início da reunião, o vice-presidente jurídico do Vasco, Rogério Peres Fernandes, informou que o presidente Alexandre Campello, "por uma emergência médica", precisou se retirar da reunião.

Fonte: GloboEsporte.com