Futebol

Com 21 gols marcados, Vasco tem um dos melhores ataques no Carioca

Primeiro tempo

O jogo começou com muita lentidão dos dois lados. Muitos passes errados no meio-campo e poucos lances de ousadia. Ainda assim, o Vasco criou algumas chances e aproveitou um desses erros de passe do Resende para abrir o placar, com Bruno Gomes. O volante interceptou um erro de passe do adversário no alto, driblou um marcador com a coxa e, sem deixar a bola cair, acertou um chutaço. O Resende passou a pressionar, o time vascaíno recuou e sofreu o empate no primeiro tempo. Em cobrança de escanteio, Paulo Victor aproveita um desvio e escora para dentro do gol para deixar tudo igual.

Segundo tempo

O Vasco voltou melhor do intervalo e passou a dominar as iniciativas de jogo, sobretudo nas investidas pelo lado direito do ataque. Primeiro, com duas chances claras criadas por Leo Jabá, que acabaram desperdiçadas por Figueiredo e Morato e, depois, com Andrey, que deu belo passe rasteiro para Cano colocar o Vasco novamente à frente do placar. Foi muito parecido, o terceiro gol. Desta vez, Léo Jabá avançou pela direita, invadiu a grande área e cruzou rasteiro para o argentino fazer seu segundo gol na partida.

Vasco pra frente!

O técnico Marcelo Cabo consegue implementar um estilo de jogo mais agressivo no Vasco, com troca de passes rápidas no campo de ataque e avanço dos meias em velocidade. A consequência são os gols. Com os três deste sábado, o Vasco empatou com o Flamengo no posto de melhor ataque da competição, com 21 tentos.

Destaque também para Léo Jabá, que participou da criação de várias oportunidades de gol. Cano, como sempre, é fatal quando municiado de bolas na área. A cada jogo fazendo valer o apoio da torcida.

Fonte: ge
Loading...