Com a queda de rendimento de seus destaques, Vasco vive seu pior momento

11/10/2020 às 08h52 - FUTEBOL

Derrota para o maior rival e números negativos. É assim que pode ser resumido o fim de semana do Vasco, que começou o Campeonato Brasileiro de maneira surpreendente, com vitórias sólidas e ocupando as primeiras posições, mas que agora vive o seu pior momento na temporada.

O primeiro ponto a destacar é a queda de produção do atacante Cano, que acumulou uma boa sequência de jogos marcando gols e caiu nas graças da torcida vascaína. No entanto, a última vez que o jogador estufou as redes foi há quase um mês no clássico diante do Botafogo.

Quem também caiu bastante de rendimento é o meia Benitez. O argentino é destaque na criação de jogadas do Vasco e participou de gols no começo do Campeonato Brasileiro, porém a última vez que a equipe fez mais de um gol foi no dia 13 de setembro justamente contra o Fogão e o ataque se tornou um dos maiores problemas do time.

Outro ponto "chave" para a má fase do time carioca é a queda de rendimento do sistema defensivo. No começo do Brasileirão, Fernando Miguel tinha levado apenas um gol (considerando as primeiras quatro rodadas), porém agora são nove gols sofridos em apenas três partidas e sete partidas seguidas no torneio levando ao menos um tento. 

Como consequência desse mau desempenho, protestos de parte da torcida se tornaram mais recentes e um deles chamou a atenção por acontecer minutos depois da derrota por 2 a 1 para o Flamengo, neste sábado, em partida válida pela 15 ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Por fim, a ausência de comando continua sendo um empecilho e não se sabe ainda quem irá assumir a vaga deixada por Ramon, demitido após a derrota por 3 a 0 para o Bahia. Dentre os nomes especulados está o de Luiz Felipe Scolari, o Felipão, e a expectativa é de que essa indefinição seja resolvida nos próximos dias. 

Fonte: UOL Esporte