Com muitos desfalques, promessa da base ganha destaque no Vasco

12/06/2018 às 08h09 - FUTEBOL

Tal qual seu antecessor, Zé Ricardo, Jorginho já começa a sofrer com os constantes desfalques para montar o time do Vasco. Para o jogo contra o Internacional, amanhã, às 21h45, no Beira-Rio — apenas a segunda partida do técnico neste retorno ao clube —, o maior desafio será definir a dupla de saga.

Ao todo, são quatro ausências confirmadas para a posição: Ricardo Graça, suspenso pelo terceiro cartão amarelo; Breno e Werley, no departamento médico; e Paulão, impedido de atuar por força de contrato, já que está emprestado pelo próprio Internacional. Assim, só restaram a Jorginho três opções para compor o setor.

A primeira delas, aparentemente garantida na equipe titular, é o equatoriano Erazo, muito criticado pela torcida nas últimas aparições. Ao seu lado, se prevalecer a hipótese mais provável, deve entrar Luiz Gustavo, que vem sendo improvisado na lateral direita. Assim, Rafael Galhardo, recuperado de lesão, voltaria ao time. Yago Pikachu, destaque da equipe na temporada, pode voltar a ocupar o lado direito.

Aos 18 anos recém-completados, o garoto Miranda treinou com o grupo ontem e corre por fora para uma vaga no time. Tratado como revelação no clube, ele tem passagens por seleções brasileiras de base, mas ainda não estreou entre os profissionais.

Quem também apareceu para as atividades em São Januário foi Paulinho. Neste caso, porém, não se trata de uma ampliação no leque de opções de Jorginho. Já vendido ao Bayer Leverkusen, o jovem ainda se recupera de uma contusão no braço e apenas correu com bola. Como se apresentará ao clube alemão no dia 15 de julho, quando completa 18 anos — mesma data da final da Copa do Mundo —, ele não vestirá mais a camisa cruz-maltina em partidas oficiais.

Fonte: Extra

Enquete

Quem você gostaria que fosse o novo técnico do Vasco?

Deixe seu comentario