Futebol

Comentaristas analisam Adson, reforço do Vasco para a temporada

Com a saída de Gabriel Pec, o Vasco foi ao mercado e investiu na contratação do atacante Adson, que estava no Nantes, da França. O jogador revelado pelo Corinthians chegou ao Rio de Janeiro há quase duas semanas, mas ainda treinou pouco com o elenco. Ele pode, mas não deve ser relacionado pela primeira vez, no clássico deste domingo, contra o Flamengo, no Maracanã, pelo Cariocão.

O ge explica a situação do jogador e analisa a contratação de Adson com os comentaristas do sportv e com os setoristas do Corinthians. Por que ele não deve jogar contra o Flamengo? Quais são suas características? Será uma boa reposição ao Pec? Leia abaixo.

Tempo parado e poucos treinos

A primeira dúvida sobre o jogador é se ele estará em campo ou não na partida contra o Flamengo. Há uma chance, porque o jogador está inscrito, mas é difícil. Adson treinou pouquíssimos dias com o elenco principal. Ele chegou ao Rio no dia 19, enquanto o elenco do Vasco voltou do Uruguai no dia 22. No dia 23, o time folgou, e no dia seguinte se preparou para enfrentar o Madureira no dia 25.

Após a vitória contra o Madureira, o Vasco viajou no dia 27 para Brasília, e Adson não acompanhou o elenco porque não estava regularizado. A equipe seguiu de Brasília para Uberlândia, enquanto o atacante seguiu treinando com outros jogadores do elenco no Rio de Janeiro.

O "reencontro" com o time foi nesta quinta-feira. Há chances muito remotas dele ser relacionado, também pela parte física do atleta. Adson não atua desde o fim de novembro, quando disputou sua última partida no Campeonato Francês pelo Nantes. No domingo, serão 70 dias sem entrar em campo oficialmente.

Boa reposição para o Pec?

Foto: Leandro Amorim/VascoAdson
Adson

- É um jogador que eu imagino sendo bem útil ao Vasco nessa temporada. Tecnicamente, acho o Adson superior às outras opções de velocidade que Ramon Díaz tem pro lado do campo, que já era uma carência mesmo antes da saída de Pec - disse Pedro Moreno, comentarista do sportv.

Em meio à expectativa pela estreia, Adson chega com credenciais de titular do Vasco para substituir Gabriel Pec. Comprado por 5 milhões de euros, preço que o Nantes pagou pelo atacante em julho do ano passado.

Apesar de vir para a mesma posição, Adson tem características diferentes das de Gabriel Pec, que foi vendido ao LA Galaxy, dos Estados Unidos. Segundo Rodrigo Coutinho, o novo reforço do Vasco é um ponta-direita mais "armador" que o seu antecessor.

- Ele tem mais características de meia do que o Gabriel Pec. Ele não é um jogador altamente cerebral, de poder muito grande de articulação, mas ele faz jogadas melhores quando circula para o meio do campo. Geralmente, ele faz isso com bola dominada. Então, a diferença primordial entre ele e Pec, é que o Pec tem mais drible em velocidade, mais agudo. Tem mais força para voltar e dobrar marcação - analisou Coutinho, que completou:

Não que o Adson não faça isso, mas a principal característica dele é a condução de bola, o passe, os cruzamentos e a capacidade para tabelar curto. Também acho que o Adson tem um maior repertório de drible, o Pec é mais de drible em velocidade.

Coutinho acredita que, apesar do ganho na armação das jogadas, Adson representa uma "perda física" ao time do Vasco, muito pela força que Gabriel Pec tinha para recompor defensivamente.

- Fisicamente, é uma perda para o Vasco. Ele tem muita dificuldade de se manter 90 minutos em campo. Isso se reflete na contribuição defensiva. Ele não deixa de contribuir, mas isso impacta. Eles não são grandes finalizadores, mas as principal diferença é essa mesmo.

Para Pedro Moreno, entretanto, Adson compensa essa perda física com muito empenho dentro de campo, o que pode ser um diferencial.

- É um atleta de muita raça e entrega física, o que sempre facilita com que o jogador caia nas graças da torcida - afirmou.

Distribuição tática

Pedro Moreno também afirmou que Adson é um jogador versátil, que se encaixa, principalmente, nos esquemas que Ramón Díaz mais usou durante a pré-temporada do Vasco no Uruguai, seja com três atacantes, com Payet armando de camisa 10, ou com o francês como um meia-esquerda.

- Justamente pela mobilidade que tem, é um atleta que se encaixa em qualquer um dos esquemas testados pelo treinador da pré-temporada. Pode formar um trio de ataque, pela direita, muito interessante com Vegetti e Payet, esse caindo da ponta esquerda para dentro e dando o corredor pro Piton. Ou com Vegetti e David, tendo Payet como um meia por trás dos três atacantes.

Passagem no Corinthians

Revelado na base do Corinthians, Adson disputou três temporadas com a camisa da equipe paulista, com 13 gols em 114 jogos. O setorista Bruno Cassucci, que cobre o Corinthians e a seleção brasileira, analisou o período do jogador.

- Adson tem a velocidade e o drible como principais virtudes. Ele joga preferencialmente pelo lado direito do ataque, embora já tenha sido utilizado pela esquerda e também centralizado. Uma jogada comum dele (às vezes até previsível) é cortar da direta para o centro, levando a bola para a canhota em busca do chute.

"No Corinthians, teve altos e baixos e não conseguiu manter uma regularidade como titular da equipe. No total foram 114 jogos, sendo mais da metade como titular (64) e 13 gols. Nos tempos de Corinthians, faltava ao garoto um pouco mais de força física para Adson resistir a contatos e também manter o rendimento até o fim dos jogos", completou Bruno.

No Corinthians, Adson ficou marcado pela estrela nos clássicos contra o São Paulo. Dos 13 gols que tem pela equipe paulista, três são sobre o rival tricolor. O atacante marcou dois gols em um jogo no Morumbi, em 2023, e foi o responsável por encerrar o jejum de cinco anos sem vitórias do Corinthians no estádio do rival.

Com ou sem Adson, ainda, o Vasco enfrenta o Flamengo neste domingo, no Maracanã, às 19h. A partida é válida pela sexta rodada do Campeonato Carioca, e Ramón Díaz escalará força máxima para o primeiro clássico do futebol carioca em 2024.

Fonte: ge
  • Domingo, 03/03/2024 às 18h10
    Vasco Vasco 4
    Portuguesa Portuguesa 0
    Campeonato Carioca São Januário
  • Quinta-feira, 07/03/2024 às 20h00
    Vasco Vasco
    Agua Santa Agua Santa
    Copa do Brasil São Januário
  • A definir
    Vasco Vasco
    Grêmio Grêmio
    Campeonato Brasileiro - Série A A definir
  • A definir
    Vasco Vasco
    Criciúma Criciúma
    Campeonato Brasileiro - Série A A definir
  • A definir
    Vasco Vasco
    Red Bull Bragantino Red Bull Bragantino
    Campeonato Brasileiro - Série A A definir
  • A definir
    Vasco Vasco
    Fluminense Fluminense
    Campeonato Brasileiro - Série A A definir
  • A definir
    Vasco Vasco
    Athletico Paranaense Athletico Paranaense
    Campeonato Brasileiro - Série A A definir