Futebol

Comissão técnica do Vasco tem novidades

O fim da temporada 2021 provocou muitas mudanças no elenco do Vasco, que se reapresentou na última semana sem a presença de 17 jogadores que disputaram a Série B no ano passado. Mas não só o grupo sofreu alterações. A comissão técnica do futebol profissional começa 2022 com seis caras novas, a começar pelo técnico Zé Ricardo.

Aos 50 anos, Zé Ricardo voltou ao Vasco para sua segunda passagem como treinador. Na primeira, entre 2017 e 2018, pegou o time em situação delicada no Campeonato Brasileiro e o conduziu à Libertadores. Foi a última participação do clube carioca na competição.

A relação de Zé com o Vasco, no entanto, é mais antiga. Na década de 90 ele foi treinador das categorias de base do futsal do clube, quando começou sua carreira como técnico.

Quando decidiu voltar ao Vasco o treinador estava no Catar, onde liderou o Qatar SC em sete jogos. Antes, teve passagens por Internacional, Fortaleza e Botafogo no Brasil. A primeira missão é encontrar uma identidade para o time, que terminou 2021 longe do objetivo que era o acesso à Série A.

- Tenho uma ideia de como queremos jogar. Entendo que houve essa dificuldade de identidade do grupo. Estamos fazendo um levantamento dos 38 jogos da Série B, a forma como foram jogados, como levamos os gols... É lógico que não quero falar muito sobre o ano passado com meus jogadores, até porque boa parte chegou agora e não temos que levar carga negativa. Mas internamente a gente levanta os motivos que hipoteticamente nos fizeram não chegar aos objetivos - disse o técnico em coletiva no último sábado.

Além da comissão técnica, o departamento de futebol sofreu mudanças administrativas. Carlos Brazil, que comandou o futebol de base cruzmaltina entre 2018 e 2021, assumiu como gerente geral, e Eduardo Húngaro ocupou o cargo recém-criado de coordenador técnico. Na supervisão do futebol, Clauber Rocha, com passagens pelas bases do Vasco e da seleção brasileira, deixou o Corinthians, onde estava com Brazil e Húngaro, para entrar no lugar de Rodrigo Ramos, que tinha chegado ao Vasco pelas mãos do ex-diretor Alexandre Pássaro.

O último técnico do Vasco havia sido Fernando Diniz, demitido em novembro, antes mesmo do fim da Série B, quando acabaram as chances de acesso. Na última temporada, o clube ainda foi treinado por Marcelo Cabo e Lisca. Veja outras mudanças na comissão:

Cleber dos Santos

Cleber dos Santos está em sua terceira passagem pelo Vasco e substitui o antigo auxiliar Eduardo Zuma, que trabalhava com o treinador Fernando Diniz. Formado em Educação Física, o profissional começou a carreira no Flamengo, onde treinou as categorias sub-11, sub-13, sub-15, sub-17 e sub-20. Quando Cleber treinou o time sub-13, Zé Ricardo o auxiliava.

O auxiliar passou ainda por Audax-SP e Audax-RJ, tendo chances também como treinador, até chegar à comissão técnica permanente do Vasco em 2014. Dois anos depois, Zé Ricardo deixou a base do Flamengo para ser efetivado no profissional e levou consigo Cleber. Os dois passaram juntos por Vasco, Botafogo, Fortaleza, Internacional e Qatar SC até chegarem mais uma vez ao clube cruzmaltino.

Foto: Divulgação Vasco

Sandro Gomes

O profissional chega ao Vasco para o lugar de Yan Razera, ligado também a Fernando Diniz. Sandro Gomes veio do Flamengo a pedido de Zé Ricardo. O analista de desempenho trabalhou na Gávea entre 2011 e 2015 e voltou ao clube rubro-negro em 2019, fazendo parte das equipes de Jorge Jesus, Domènec Torrent, Rogério Ceni e Renato Gaúcho.

Não é a primeira vez que Sandro trabalha no Vasco, onde havia sido analista tático de 2015 a 2018. Ele atuou ainda como auxiliar técnico na Cabofriense e analista de desempenho na seleção brasileira sub-15.

Foto: Reprodução

Emilio Faro

Emílio Faro chegou ao Vasco para o lugar de Fábio Cortez e será o auxiliar permanente do clube. Ele Ele fez carreira no Botafogo, onde trabalhava como preparador físico. Em 2016, foi promovido a auxiliar de Jair Ventura no Botafogo e depois acompanhou o treinador por vários clubes, como Santos, Corinthians, Sport e Chapecoense.

Foto: Vitor Silva / SSpress/ Botafogo

Fabio Eiras

Substituto de Wagner Bertelli, o preparador físico Fabio Eiras veio do Botafogo, onde foi coordenador do Núcleo de Saúde e Performance no segundo semestre de 2021. Ele também foi um pedido de Zé Ricardo, com quem tem relação de amizade há anos. Antes, o profissional havia passado por Athletico-PR e Flamengo.

Foto: Vitor Silva/Botafogo

Zé Quitete

José Alberto Quitete chega ao Vasco para trabalhar na preparação de goleiros, ao lado de Daniel Ricardi e Criziel da Silva. Ele já passou pelo clube em outra oportunidade, quando trabalhou no sub-20 e depois foi auxiliar de Carlos Germano no elenco profissional. Quitete começou a carreira no Flamengo em 1998, onde ficou até 2007.

Fonte: ge
  • Domingo, 28/11/2021 às 16h00
    Vasco Vasco 0
    Londrina Londrina 3
    Campeonato Brasileiro - Série B Estádio do Café
  • (26/01 - Qua) ou (27/01 - Qui)
    Vasco Vasco
    Volta Redonda Volta Redonda
    Taça Guanabara Raulino de Oliveira
  • (29/01 - Sáb) ou (30/01 - Dom)
    Vasco Vasco
    Boavista Boavista
    Taça Guanabara São Januário
  • (02/02 - Qua) ou (03/02 - Qui)
    Vasco Vasco
    Nova Iguaçu Nova Iguaçu
    Taça Guanabara São Januário
  • (05/02 - Sáb) ou (06/02 - Dom)
    Vasco Vasco
    Madureira Madureira
    Taça Guanabara Conselheiro Galvão
  • (09/02 - Qua) ou (10/02 - Qui)
    Vasco Vasco
    Portuguesa Portuguesa
    Taça Guanabara São Januário
  • (12/02 - Sáb) ou (13/02 - Dom)
    Vasco Vasco
    Botafogo Botafogo
    Taça Guanabara Maracanã