Confira a rotina de treino do Vasco pós-férias

09/05/2020 às 08h00 - CLUBE

A rotina do elenco do Vasco mudou desde segunda-feira. Após o fim das férias, remotamente, o departamento de futebol intensificou os trabalhos com os atletas. A ideia é que cada jogador passe por todo processo do dia a dia, como se estivesse no clube. Obviamente, com exceção dos treinos com bola, enquanto os órgãos responsáveis não autorizam a volta das atividades no futebol.

O acompanhamento dos atletas é feito desde a qualidade do sono até a carga de trabalho físico. O elenco foi dividido em pequenos grupos de seis a sete jogadores, mas o trabalho é individualizado, de acordo com o feedback e com a estrutura física que cada jogador tem em casa.

- Durante as férias não tinha tanta cobrança, mas não deixamos de atender a quem nos procurou. Cada profissional (de preparação física) é responsável por um pequeno grupo. Ele tem um contato diário com cada atleta. Reelaboramos a cartilha após as férias, adaptada a esse momento, onde o atleta está trabalhando em casa. Individualizamos bem os trabalhos, de acordo com os recursos de cada atleta em casa, para que possamos atingir ao máximo a carga de trabalho - explicou o gerente científico do Vasco, Marcos Cézar.
 

A rotina de trabalho

Cada atleta vem recebendo atenção individual. Logo pela manhã, cada um recebe por WhatsApp um link para responder como dormiu, o nível de stress, o cansaço em relação ao treino e o nível de dor, uma vez que a carga de treinos aumentou nessa semana. A partir daí é gerado um relatório diário.

- Os treinos são filmados e enviados para profissionais do Vasco. Após o treino, o atleta nos dá um feedback em relação ao esforço. Ele recebe um link, responde e todo trabalho vai para a fisiologia - disse Marcos Cézar.

O monitoramento é feito de forma individual. Há uma análise dos treinos filmados para correção de movimento e ajuste de carga. O elenco treina de segunda a sábado, com folgas aos domingos.

 

A alimentação, um eventual ganho de peso, além do lado psicológico, também são monitorados pelo Vasco. Tudo para que o atleta tenha a rotina mais próxima o possível do dia a dia normal do clube, mesmo ficando em casa.

- O departamento de nutrição tem um acompanhamento mais próximo, e a psicologia vai começar a fazer os agendamentos de rotina. Os jogadores estão seguindo quase toda rotina que eles têm no clube, mas de forma remota. Vamos seguir assim até o momento que as autoridades autorizaram o retorno aos treinos presenciais.

Testes de Covid-19 mais à frente

Por ora, o Vasco não submeterá seus colaboradores, jogadores e membros de comissão técnica a exames de Covid-19. Só o fará quando as autoridades competentes sinalizarem aos clubes a liberação do retorno aos treinamentos.

- O Vasco realizará exames para detecção do novo coronavírus em todos os jogadores, comissão técnica, staffs e todos os indivíduos que moram em suas residências, ou seja, os contactantes domiciliares. Essa medida visa reduzir ao máximo o risco de todos os envolvidos e por isso a data da sua realização é totalmente dependente da previsão de retorno aos treinos. Lembrando que o retorno só acontecerá quando as autoridades competentes julgarem seguro e liberarem esta atividade - ressaltou o diretor médico do Vasco, Marcos Teixeira, em entrevista ao GloboEsporte.com, na última quinta-feira.

O Vasco é um dos clubes que assinou nota, divulgada nesta sexta-feira, pedindo a volta das atividades. O documento tem a assinatura de quase todos os clubes que disputam o Campeonato Carioca. Apenas Botafogo e Fluminense não assinaram.

Fonte: GloboEsporte.com