Confira os números de Giovanni Augusto em sua estreia no Vasco

26/02/2018 às 08h12 - FUTEBOL

Contratado como substituto de Nenê, que foi para o São Paulo, Giovanni Augusto fez sua estreia com a camisa do Vasco na derrota por 1 a 0 para a Portuguesa, na tarde deste domingo, no Giulite Coutinho. Mas faltou fôlego.

Visivelmente fora de ritmo, o meia até que se movimentou bastante e deu duas ótimas assistências no fim do primeiro tempo para Rildo e Riascos (confira no vídeo abaixo). O lance mostrou que qualidade e visão de jogo ele tem, mas a parte física pesou na etapa final e só não saiu, pois Zé Ricardo já havia feito três substituições.

Atuando mais pela direita (como mostra o mapa de calor, abaixo), ele mostrou muita qualidade técnica. Dominava a bola com categoria, mas a arrancada não correspondia. Além da parte física, o desentrosamento da equipe reserva também não ajudou. Mesmo assim, a torcida reconheceu e o aplaudiu em alguns momentos.

Confira alguns números de Giovanni Augusto:

Passes certos - 51

Passes errados - 5

Lançamentos certos - 2

Lançamentos errados - 3

Perda da posse de bola - 6

Desarmes - 3

Viradas de jogo - 2

Passes para finalizações - 7

Zé Ricardo elogia "qualidade alta"

Na coletiva de imprensa após o jogo, o técnico Zé Ricardo analisou a estreia do meia e reconheceu que ele vai precisar de tempo para entrar no ritmo dos demais.

- Dentro da expectativa de uma primeira partida, foi bem. Sente a falta de entrosamento, mas é um jogador que tem qualidade alta e acho que a sequência de jogos vai ser importante. Queríamos observar no jogo de hoje, sabia que seria difícil ele aguentar, ficou até o final, mas já numa sobrecarga, mas já tínhamos perdido as três substituições.

Giovanni Augusto terá mais uma chance de entrar no ritmo dos companheiros na próxima quinta-feiram quando o Vasco recebe o Macaé, às 19h30 (de Brasília), em São Januário. Para essa partida, o técnico Zé Ricardo já deve usar os titulares ou pelo menos a maioria deles.

Fonte: GloboEsporte.com

Enquete

Você é favorável ao retorno de Antônio Lopes no cargo de dirigente?

Deixe seu comentario