Confira outros tópicos da coletiva pós-jogo de Ramon

06/09/2020 às 20h38 - CLUBE

Após a vitória por 1 a 0 sobre o Athletico-PR, o técnico Ramon Menezes destacou a força do elenco do Vasco, que entrou em campo com nove desfalques, dentre os quais três titulares. Seis destes não jogaram em função de terem testado positivo para a Covid-19.

- Feliz, muito feliz com o resultado e com o que vi dentro do campo. Acho que nós temos que sair daqui muito satisfeitos porque, com tudo que estamos vivendo, uma pandemia e perdendo jogadores e com jogos quarta e domingo, quase que é impossível contar com todos atletas 100%. Mais importante é que esse grupo tem entendimento perfeito de tudo que está se passando. De parte tática, recuperação, parte física. E por isso estamos conseguindo os resultados. Dedico aos jogadores por toda a entrega e luta. Fiquei muito satisfeito porque é uma busca do equilíbrio.

- Você jogar contra um adversário que é o Athletico, que veio aqui e dificultou muito as nossas ações. Já vem com ideia de jogo mesmo com troca de treinador. O time é rapidíssimo e com entendimento de jogo muito bom. Acho que estamos superando a cada dia e mostrando o que é um grupo. Fico muito feliz e tenho certeza que a torcida está muito feliz.

Confira outros tópicos:

Saídas de Cano e Benítez

- Benítez estava muito bem no jogo. Mas, se eu o deixo em campo, poderíamos perder Benítez para a sequência. Pensei em fortalecer o setor colocando o Bruno Gomes e fortalecendo o setor com o tripé. Se não desse certo, colocaríamos o Bruno César para segurar a bola. Como foi com o Cano. Fez o gol e é muito importante. Por isso que às vezes você tem que tirar o atleta. Você o deixa, ele se lesiona, e a gente o perde por três ou quatro rodadas. A gente lamenta, mas tem que fazer isso.

- Andrey estava muito desgastado, o Fellipe Bastos também. Os jogadores têm que entender isso, e eu estou muito feliz com os atletas que vêm entrando.

Ramon destaca a integração dos departamentos

- A gente sabe que é o começo de um campeonato. O Brasileiro é duríssimo. É muito difícil jogar todos os jogos no mesmo nível. Enfrentamos o Santos na Vila Belmiro, e imagine o desgaste. Poderíamos ter saído com a vitória. Saio muito satisfeito.

- Desde que assumi, eu falei muito dessa integração de todos os departamentos. O departamento médico tem tido papel muito importante, a fisioterapia, a parte física, a nutrição e a fisiologia do clube. A psicologia, a rouparia, enfim... É isso que nos está fortalecendo. A presença do presidente, do Zé (José Luis Moreira), do professor Lopes. Os atletas estão representando muito bem o que é ser Vasco da Gama. Estão dando a alma.

Novas opções que ganhou

- Cada dia que passa, nós estamos ganhando em opções. Há jogadores que ainda não tiveram a chance de entrar, mas sei que vão dar tudo quando puderem entrar. É importante saber o que fazer em parte tática.

Pegada mantida com diferentes peças

- Futebol é construção. Enquanto você está na construção, não tem como fazer muitas variações. Estamos construindo, mas já temos o entendimento de todos os atletas para fazer variações. Ygor começou pelo lado esquerdo, Benítez começou pelo lado direito. Benítez tem facilidade de jogar pelos lados e por dentro. Jogador importantíssimo. Naquele momento do jogo, voltou para o posicionamento dele. Talles começou por dentro e depois retornou para a sua posição, que é extremo pelo lado esquerdo.

Elogios a muitos jogadores

- Athletico estava atacando muito por aquele lado esquerdo, e a dobra se fez necessária. Tenório entrou muito bem. Bruno Gomes mais uma vez se mostrou muito bem. Entrou e fechou. Quis fazer aquele tripé novamente, mas de uma maneira diferente, deixando Andrey fixo com o Bastos e dando liberdade para o Bruno Gomes, que é muito forte, que consegue segurar e marcar. Até o Neto pode se projetar e apoiar porque tem muita força

- Fernando fez grandes defesas, tudo aquilo que se espera dele. Nossos zagueiros tiveram muita presença, tanto Marcelo quanto Miranda. Miranda tem muito potencial e tem que ser trabalhado. Yago vem recuperando o seu potencial e pode jogar como extremo e como lateral. Cano tem a sua importância.

Substituições de Cano

- A gente tem tirado o Cano, e ele sabe que é o desgaste. Ele não está deixando de ter as suas oportunidades. Ribamar tem entrado. Com sua características de atacar sempre espaço e pressionar os zagueiros. Quando ele entra, o time sai de trás. Carlinhos entrou pouco tempo, mas para fazer a quinta substituição você tem que pensar muito.

Fonte: ge