Conheça Mauricio Copertino, o novo auxiliar do Vasco

17/05/2019 às 08h12 - FUTEBOL

"Eu não vejo o Vasco como um desafio. Vejo como uma grande possibilidade de ser campeão, fazer um grande trabalho e dar adeus, para vocês darem porrada nele."

O "ele" da frase de Vanderlei Luxemburgo na apresentação do Vasco é Mauricio Copertino, auxiliar do treinador neste início de trabalho no Cruz-Maltino. O ex-zagueiro de 49 anos chamou a atenção do veterano e é visto como seu pupilo nesta nova fase.

Coube a Copertino, por exemplo, a tarefa de assistir a todos os jogos recentes do Vasco para passar um relatório completo do elenco a Luxemburgo enquanto o técnico não iniciava o trabalho no clube. Para isso, se muniu de softwares modernos e de uma base de dados própria para analisar os atletas.

Enquanto Luxemburgo é um veterano de currículo extenso, Copertino faz parte de um novo perfil de treinadores brasileiros: ele tem a Licença Pro da CBF Academy, a maior obtida no Brasil. Ganhou destaque ao ser auxiliar de Alexandre Gallo na seleção olímpica - antes, passou também por Figueirense, Atlético-MG, Bahia, Avaí, Náutico e Al-Ain (EAU). Como jogador, defendeu o Santos e o Coritiba.

Copertino também tem experiência como treinador: na China, disputou duas temporadas da segunda divisão com o Zhejiang Yiteng. Em 2018, comandou o time em 25 jogos, com 10 vitórias, cinco empates e 10 derrotas.

Foi na China que o auxiliar entrou no radar de Luxemburgo. Eles trabalharam juntos quando o técnico comandou o Tianjin Quanjian, em 2016. Agradou ao técnico o perfil de Copertino.

- Tenho que respeitar essa nova realidade, as coisas que estão acontecendo, como um processo novo, um processo moderno. Fiz questão de trazer o Copertino por isso, é um cara que tem Licença Pro, está muito por dentro das coisas que estão acontecendo - disse Luxa na entrevista de apresentação pelo Vasco.

Na primeira semana de treinos de Luxemburgo, em alguns momentos o treinador se limitou a observar as atividades, enquanto Copertino orientava os jogadores e comandava o trabalho. O auxiliar conhece boa parte do elenco.

Na seleção olímpica, por exemplo, trabalhou com o atacante Vinícius Araújo, convocado para alguns amistosos. Na época, Alexandre Gallo era não apenas o treinador, mas o coordenador da base. Coube a Copertino monitorar jogadores de outras categorias: com isso, entraram em seu radar promessas que agora estão no elenco profissional, como Andrey, Miranda e Caio Monteiro.

O primeiro desafio do Vasco de Luxemburgo e Copertino será neste domingo, às 19h (de Brasília). A equipe enfrenta o Avaí em São Januário, pela quinta rodada do Campeonato Brasileiro.

Fonte: GloboEsporte.com