Conselho aprova empréstimo e reduz taxa de adesão para sócio geral

28/06/2019 às 23h00 - CLUBE

A diretoria administrativa do Vasco teve vitória dupla no Conselho Deliberativo nesta sexta-feira à noite, em reunião na sede da Lagoa. Em um encontro decisivo para o futuro próximo, os conselheiros aprovaram a redução da taxa de adesão para a categoria de sócio geral do clube e o empréstimo de R$ 20 milhões.

O valor autorizado por ampla maioria do Conselho Deliberativo será utilizado pela diretoria para quitar dívidas deixadas desde 2017, como salários de funcionários, acordos trabalhistas dos últimos anos e salários dos jogadores até o fim da temporada.

Recentemente, o Vasco pegou R$ 10 milhões, também emprestados, para diminuir a dívida com o elenco comandado pelo técnico Vanderlei Luxemburgo, mas o valor não seria o suficiente para aliviar a crise financeira até o fim do ano.

O dinheiro, porém, ainda não cai na conta. O que a diretoria conquistou nesta sexta-feira foi apenas uma autorização do Conselho Deliberativo para pegar o empréstimo. Agora, o presidente Alexandre Campello precisa conseguir o valor e as garantias para poder recebê-lo. A expectativa é que o processo não demore, até para os compromissos serem honrados o quanto antes.

Os conselheiros também autorizaram a diminuição do valor da taxa de adesão para a categoria de sócio geral do Cruz-Maltino - a que da direito a voto nas eleições. A "joia" custará, a partir de 1º de julho, R$ 750 - a quantia ainda poderá ser parcelada em cinco vezes. A mensalidade continua de R$ 70.

Fonte: GloboEsporte.com