Copa SP: Marcos Valadares e Lucas Santos falam sobre a grande decisão

24/01/2019 às 14h32 - CATEGORIAS DE BASE

A grande decisão da 50ª Copa São Paulo de Futebol está chegando. Nesta quinta-feira (24/1) aconteceu uma coletiva de imprensa com dois representantes de cada um dos finalistas. Pelo lado vascaíno, estiveram o treinador Marcos Valadares e o capitão e atacante Lucas Santos. A torcida vascaína já esgotou os ingressos que foram colocados à sua disposição e o comandante do time falou sobre a atmosfera de decisão que os Meninos da Colina vão encarar.

- A Copa São Paulo tem peculiaridades, como jogos com público bom, que ajudam na formação. São jogos com público, com mídia, que influenciam no emocional do atleta, e se ele consegue se sobressair, demonstra que está muito perto do profissional.  Jogar com estádio cheio é uma coisa muitas vezes atípica. É um grande momento, um grande aprendizado, e será uma grande motivação para todos. Os jogadores poderão se motivar muito para dar um grande espetáculo ao público - disse, para pouco depois ser complementado por Lucas Santos:

- A gente tem um período de aprendizagem na base e tem esse pensamento de chegar ao profissional, mas pensa primeiro em disputar uma Copa São Paulo, com a imensidão deste campeonato. Ter a oportunidade de chegar a uma final é especial para nós.

O Vasco já conquistou a Copinha uma única vez. Em 1992, a equipe venceu justamente o São Paulo, mesmo adversário deste ano, na decisão. Lucas Santos falou sobre a oportunidade de escrever o nome na história do Gigante da Colina:

- A gente sabe da história, do passado, Vadir Bigode, Pimentel. A gente buscou fazer igual. Queremos o título, mas o importante é mostrar um trabalho bom. Estamos bem focados. Sabemos da qualidade da escola do São Paulo, mas também temos. Queremos uma história bonita para ficar marcados na história do Vasco.

Comandante da equipe, Marcos Valadares falou sobre a identificação que os garotos criam com o Vasco e como a comissão técnica trabalha para valorizar isso. O treinador também comentou sobre a importância de estar focado física e mentalmente para uma partida tão decisiva:

- A gente procura ter essa orientação sempre, de valorizar o clube que o formou, que deu todo o suporte, e aí, futuramente, acontecerão situações positivas para o atleta, no profissional ou numa negociação para o exterior. A competição exige muito fisicamente, mentalmente. A preparação é ao longo do ano todo. Há viagens, desgaste, mas a gente consegue recuperar. E numa final, eles estarão num nível de motivação altíssimo.

Foto: Rafael Ribeiro/Vasco.com.brMarcos Valadares projeta participação cruzmaltina na Copinha
Marcos Valadares projeta participação cruzmaltina na Copinha

Fonte: Site oficial do Vasco