Futebol

Crias perdem espaço com Díaz e veteranos assumem protagonismo no Vasco

Utilizados em boa parte do Campeonato Brasileiro, os atletas da base perderam espaço no Vasco desde a chegada de Ramón Díaz. Com as contratações feitas na segunda janela, o técnico tem priorizado jogadores mais experientes em busca de recuperação no Campeonato Brasileiro.

A perda de espaço não significa necessariamente uma coisa ruim. Antes de Ramón Díaz, o Vasco precisou recorrer aos garotos, alguns ainda em processo de desenvolvimento, por causa de brechas no elenco.

As carências foram corrigidas com as nove contratações feitas para o segundo semestre: seis dos reforços recém-contratados foram titulares contra o Bahia, na última rodada: Maicon, Medel, Praxedes, Paulinho, Serginho e Vegetti. Payet e Sebastian Ferreira entraram no segundo tempo.

As contratações fizeram a média de idade do time titular aumentar. Antes de Ramón, o Vasco chegou a jogar algumas vezes com quatro ou mais garotos da base entre os titulares: Barros, Galarza (emprestado ao Talleres-ARG) e Rayan são jovens que figuraram entre os 11 iniciais.

Barros, que estava lesionado e voltou a ser relacionado contra o Grêmio, ainda não teve oportunidade com Ramón. Antes da lesão, o volante foi titular em três jogos do Vasco. Erick Marcus foi titular no primeiro jogo do técnico, contra o Cruzeiro, mas depois perdeu espaço. Outros que foram titulares com o argentino são Miranda e Zé Vitor - ambos perderam espaço nas últimas rodadas.

O único cria do clube que é unanimidade em todo o Campeonato Brasileiro é Gabriel Pec. O atacante participou de 20 dos 21 jogos do Vasco na competição. Jogou os oito jogos com Ramón Díaz, sendo sete como titular - contra o Corinthians, começou no banco e entrou no segundo tempo.

Figueiredo também chegou a ter oportunidade com Ramón. O atacante foi titular diante de Athletico e Corinthians e entrou nos jogos contra Grêmio e Bragantino. Depois, ficou no banco contra Atlético-MG e Bahia e não foi relacionado para enfrentar o Palmeiras.

Galarza foi relacionado pelo treinador para sete jogos, mas foi aproveitado apenas no segundo tempo contra o Bragantino. Antes do confronto contra o Bahia, o volante paraguaio foi emprestado ao Talleres, da Argentina. Também meio-campista, Marlon Gomes foi utilizado cinco vezes por Ramón, duas como titular, e agradou bastante diante do Bahia, quando entrou na etapa final.

Garotos da base no Brasileirão antes de Ramón Díaz:

  • Zé Vitor: nenhum jogo no Brasileirão
  • Miranda: 3 jogos no Brasileirão (2 como titular)
  • Barros: 6 jogos no Brasileirão (3 como titular)
  • Galarza: 9 jogos no Brasileirão (4 como titular)
  • Marlon Gomes: 8 jogos (5 como titular)
  • Rayan: 4 jogos no Brasileirão (3 como titular)
  • Erick Marcus: 8 jogos no Brasileirão
  • Figueiredo: 11 jogos no Brasileirão

Garotos da base no Brasileirão com Ramón Díaz:

  • Zé Vitor: 1 jogo no Brasileirão (titular)
  • Miranda: 3 jogos no Brasileirão (2 como titular)
  • Barros: nenhum jogo no Brasileirão
  • Galarza: 1 jogo no Brasileirão
  • Marlon Gomes: 5 jogos (2 como titular)
  • Rayan: 2 jogos no Brasileirão
  • Erick Marcus: 2 jogos no Brasileirão (1 como titular)
  • Figueiredo: 4 jogos no Brasileirão

Fonte: ge
  • Terça-feira, 21/05/2024 às 21h30
    Vasco Vasco 3
    Fortaleza Fortaleza 3
    Copa do Brasil São Januário
  • Domingo, 02/06/2024 às 16h00
    Vasco Vasco
    Flamengo Flamengo
    Campeonato Brasileiro - Série A Maracanã
  • Quinta-feira, 13/06/2024 às 21h30
    Vasco Vasco
    Palmeiras Palmeiras
    Campeonato Brasileiro - Série A Arena Barueri
  • Domingo, 16/06/2024 às 18h30
    Vasco Vasco
    Cruzeiro Cruzeiro
    Campeonato Brasileiro - Série A São Januário
  • A definir
    Vasco Vasco
    São Paulo São Paulo
    Campeonato Brasileiro - Série A A definir