Decisão do arbitral coincide com projeto da prefeitura do RJ

16/06/2020 às 08h19 - FUTEBOL

O Campeonato Carioca está perto de ter a confirmação de seu retorno. Após mais de oito horas de uma reunião iniciada na tarde de ontem (15) e que avançou pela madrugada de hoje (16), a Federação de Futebol do Rio de Janeiro (Ferj) sugeriu, com a concordância dos clubes envolvidos e da maioria dos presentes, que o torneio seja retomado na próxima quinta-feira (18), com o duelo entre Flamengo e Bangu.

"Todos os presentes debateram, democraticamente, as sugestões das datas de reinício da Taça Rio, a ser iniciada após aval oficial do governo. Caso este não venha até o dia 17, assim que acontecer a Taça Rio será retomada no dia seguinte", disse a entidade, que ainda necessita de uma publicação do poder público para oficializar o retorno.

A Ferj ainda estipulou a marcação de Portuguesa x Boavista para o dia 19 (sexta), Vasco x Macaé e Madureira x Resende no dia 21 (sábado), e Fluminense x Volta Redonda e Botafogo x Cabofriense no dia 22 (domingo).

Ainda sem uma conclusão, o arbitral foi suspenso e será retomado às 20h desta terça-feira (16). Em pauta, além de local e horário do jogo do Rubro-negro, uma nova discussão dos primeiros jogos de Fluminense e Botafogo após o período de pandemia e isolamento social por conta do novo coronavírus. Ambos os times mantiveram as posições contrárias quanto ao retorno ainda neste mês, mas, no fim, avaliaram que poderiam ceder um pouco.

Vale ressaltar que, mais cedo, o Ministério Público do Rio de Janeiro (MPRJ) havia recomendado que o Carioca só volte caso cumpra condições específicas. Um dos pontos indicados pelo órgão é a necessidade de que o protocolo elaborado para a retomada leve em consideração as fases da curva de contágio da pandemia.

Botafogo e Fluminense mantiveram posição

Clubes que já demonstraram ser contrários ao retorno do futebol neste momento, Botafogo e Fluminense mantiveram o posicionamento no decorrer do arbitral. Em meio às discussões em relação às datas, indicou-se o início do mês de julho como um bom marco para o retorno, salientando também o tempo de preparação que será necessário para o elenco antes do primeiro compromisso oficial.

Porém, segundo o UOL Esporte apurou, por fim, a dupla achou por bem "ceder" um pouco e admitiu a chance de atuar a partir do dia 29.

O Alvinegro realizou testes para coronavírus na última semana, mas ainda não retomou os treinos presenciais. Já o Tricolor, vai realizar os testes hoje (16) e aguardar os resultados para estudar os próximos passos.

Cinco substituições e mais

No arbitral, foram aprovadas também mudanças importantes no regulamento, tais como: até cinco substituições nas partidas (antes eram três); até 12 atletas amadores (antes eram quatro); permissão para o atleta defender uma equipe mesmo já tendo disputado o Carioca 2020 por outra.

Para hoje ainda foi adiada a definição da última vaga para a Copa do Brasil de 2021.

Decisão em 'sintonia' com Prefeitura

A decisão do arbitral coincide com a fase 2 do projeto de flexibilização do isolamento social proposto pela Prefeitura do Rio de Janeiro, que autoriza competições esportivas sem a presença de público nesta etapa. Porém, segundo o prefeito Marcelo Crivella (Republicanos), nesta quarta-feira acontece uma reunião para definir algumas diretrizes deste retorno do Estadual.

De acordo com o protocolo "Jogo Seguro", desenvolvido entre Ferj e clubes, apenas Maracanã, Nilton Santos e São Januário poderão ser utilizados nesta retomada da competição. No último dia 13, a federação já havia liderado uma reunião por videoconferência para debater as datas possíveis.

O Campeonato Carioca está paralisado desde o dia 16 de março. Ainda restam duas rodadas da Taça Rio, segundo turno da competição, e as fases finais. O Flamengo foi o campeão da Taça Guanabara. Até aqui, o time de melhor campanha geral é o Fluminense, com 24 pontos.

Fonte: UOL Esporte