Derrota contou com reservas pouco inspirados e falha crucial

25/02/2018 às 19h24 - FUTEBOL

Depois de Zé Ricardo recusar a proposta do exterior e permanecer no Vasco, o domingo tinha tudo para ser de alegrias para os vascaínos, mas não foi. O time reserva jogou muito mal e perdeu por 1 a 0 para a Portuguesa, na estreia da Taça Rio, no Estádio Giulite Coutinho.

Falha de Gabriel Felix

O Vasco até que dominou o jogo com a maior posse de bola no primeiro tempo (62%), mas não chegava com perigo. E a Portuguesa aproveitou no primeiro lance na área. Gabriel Felix saiu errado do gol e perdeu no alto para Tiago Amaral, que abriu o placar de cabeça.

A melhor chance do Vasco foi com Riascos, aos 44. O atacante recebeu belo passe de Giovanni Augusto e tentou de voleio, mas mandou para fora.

Substituições sem efeito

Zé Ricardo tentou colocar o time para a frente no segundo tempo com as entradas de Caio Monteiro no lugar de Bruno Paulista, e Paulo Vitor em Thiago Galhardo, mas a falta de objetividade continuou. Além disso, o time errou muitos passes.

Para piorar a situação, a torcida começou a vaiar o time, que sentiu. Na beira do campo, Zé Ricardo observava e não falava muito. Por sinal, ele foi o único aplaudido na tarde deste domingo, no Estádio Giulite Coutinho.

Giovanni Augusto estreia

A partida marcou a primeira vez do meia, ex-Corinthians. Giovanni não brilhou, mas foi quem tentou armar a equipe e criou a maioria das jogadas ofensivas do time. Dos seus pés surgiu a melhor chance, que terminou com Rildo finalizando e a zaga da Portuguesa tirando em cima da linha.

Giovanni não finalizou ao gol, mas acertou quase todos os passes: 56 em 58, e ainda contribuiu na marcação com duas roubadas de bola e um desarme. Ele ainda cruzou três bolas na área da Portuguesa.

E agora?

O Vasco volta a campo na próxima quinta-feira para enfrentar o Macaé, às 19h30 (de Brasília), no Estádio de São Januário. Esse jogo havia sido adiado pelo fato de o Vasco estar disputando a Pré-Libertadores.

Fonte: Globoesporte

Enquete

Você é favorável ao retorno de Antônio Lopes no cargo de dirigente?

Deixe seu comentario