Dinamite pede definição na parte política do Vasco

29/12/2017 às 08h20 - POLÍTICA

Depois de uma temporada de superação, o Vasco, enfim, conseguiu voltar à Conmebol Libertadores - torneio que não disputava desde 2012. O time de São Januário dá o ponta a pé inicial na principal competição das Américas contra o U. Concepción, em 31 de janeiro de 2018, atuando fora de casa, no Chile. E quem falou com o FOXSports.com.br sobre o futuro do Cruzmaltino na Liberta foi o ídolo, ex-jogador e presidente do clube Roberto Dinamite. 

"A expectativa é grande, desde o momento em que se resolva essa situação de diretoria, principalmente essa (situação). Qual vai ser a direção do Vasco em 2018? Isso é importantíssimo para que o Vasco possa fazer time, ser competitivo, passar por essa primeira fase da Conmebol Libertadores e brigar com as outras equipes fortes por título e, quem sabe, isso possa acontecer. Mas, para isso, o Vasco tem que resolver dentro de casa os problemas que tem", finalizou. 

O Vasco passa por um imbróglio judicial envolvendo suas eleições presidenciais para o próximo triênio - disputam a vaga de mandatário o atual presidente Eurico Miranda, e a oposição, representada por Julio Brant. Com a anulação da polêmica urna 7, Brant assume o clube em janeiro, caso não exista nova decisão da justiça. 

Fonte: Fox Sports

Enquete

Você é favorável ao retorno de Antônio Lopes no cargo de dirigente?

Deixe seu comentario