Edilson: Time teve apagão

23/05/2006 às 04h44 - FUTEBOL

Uma vitória que parecia garantida transformou-se numa derrota dentro de casa que atrapalhou os planos do técnico Renato Gaúcho de fazer nove pontos até a paralisação do Brasileirão.
Após a derrota, os gols perdidos quando o Vasco vencia o Corinthians por 2 a 0 ficaram como a causa principal do tropeço. Principal atacante do time, Edilson discorda da avaliação.

- Fizemos dois gols. Para a gente perder, tínhamos de levar pelo menos três. Mas o time teve um apagão e permitiu a virada. Jogamos bem, mas erramos muito nos minutos finais - criticou.

Edilson lembrou que não foi a primeira vez na temporada que o Vasco entrega uma partida depois de estar vencendo por dois gols.

- É inadmissível a gente estar ganhando do Corinthians, um dos times mais fortes do Brasil, e entregarmos o jogo. E não é a primeira vez. No Estadual, aconteceu a mesma coisa contra Fluminense, Portuguesa e Americano.

O Capetinha acha que o time está relaxando quando consegue abrir vantagem. A dedicação à marcação que todos mostram quando o jogo ainda está empatado não é mantida depois de um gol.

- Quando a gente está ganhando, é que começa a perder. Temos de aprender a jogar em vantagem.

No 0 a 0, o time joga certinho. Mas faz um gol e relaxa. Não sei se é psicológico, mas não pode mais acontecer - reclamou Edilson, que ainda não marcou nenhum gol nesta edição do Brasileirão.

Fonte: Lance