Em dificuldade financeira, Vasco pode perder o atacante Rossi

01/06/2019 às 22h07 - CLUBE

O Vasco vive uma fase turbulenta dentro e fora do campo. Lanterna do Campeonato Brasileiro e sem conseguir uma vitória em seis rodadas, o clube também enfrenta dificuldades para manter os salários em dia.

Na semana passada, o atacante argentino Maxi López entrou na Justiça pedindo a liberação do clube por falta de pagamento.

O técnico Vanderlei Luxemburgo, que assumiu a equipe após a saída de Alberto Valentim, já se conformou que precisará enxugar o elenco e procurar reforços na base do clube, recebeu mais uma má notícia neste sábado. O atacante Rossi, emprestado Shenzhen, da China, recebeu sondagens de clubes de vários países e não deve permanecer.

O jogador, que tem contrato até o final do ano, tem sido peça importante no setor ofensivo vascaíno nesta temporada.

 

O jogador deve estar em campo no clássico deste domingo diante do Botafogo, pelo Campeonato Brasileiro, mas sua situação deve ser definida a partir de segunda-feira.

O Vasco só pagou o salário de fevereiro em meados de abril, e na última sexta foi depositado o salário de março, mas só a parte que consta da carteira de trabalho, restando o pagamento dos direitos de imagem.

Com a situação financeira precária, a prioridade da diretoria é regularizar os atrasados, e a tendência é que o clube não tenha como segurar Rossi, ou buscar reforços no mercado.

No momento, o clube já afastou do elenco seis atletas, que estão treinando em separado. São eles: Dudu, Moresche, Luan, Bruno Silva, Bruno Henricky e Rodrigo.

Para o clássico deste domingo, às 11h00 (horário de Brasília) no Nilton Santos, o Vasco deve entrar em campo com a seguinte escalação: Sidão; Yago Pikachu, Werley, Ricardo Graça e Danilo Barcelos; Andrey, Marcos Júnior, Lucas Mineiro e Yan Sasse; Rossi e Marrony.

Fonte: Gazeta Esportiva