Clube

Em meio à crise, a diretoria do Vasco adota o silêncio

Em meio à crise, a diretoria do Vasco adota o silêncio. Enquanto o time acumula resultados negativos e se encontra na zona de rebaixamento da única competição que disputa, membros da gestão do departamento de futebol não dão declarações públicas.

Nas últimas semanas, apesar da crescente pressão, as entrevistas coletivas foram do zagueiro Léo e do atacante Gabriel Pec. Além, claro, do técnico Maurício Barbieri cumprindo o protocolo após os jogos.

Na ocasião da coletiva de Pec, inclusive, a imprensa presente no CT Moacyr Barbosa questionou o clube pelo fato de estar colocando o jovem atacante na "fogueira" ao invés de dirigentes se pronunciarem. O jogador, por sua vez, minimizou o fato:

"Não me sinto constrangido, gostei de ser chamado, porque mostra que eu tenho um peso dentro do elenco. Por ser jovem, quero me posicionar. Já vivi muitas coisas aqui, estou nesse clube há 14 anos, então seria justo eu vir falar também pelo meu conhecimento de Vasco. Estou aqui para os momentos bons e ruins".
Gabriel Pec

A última vez que um representante da cúpula esteve aberto a perguntas da imprensa foi no dia 5 do mês passado, quando o diretor esportivo Paulo Bracks falou antes da apresentação de Rwan Cruz.

Na ocasião, o dirigente fez um balanço da janela de transferências:

"Em uma conta simples, o Vasco contratou um reforço por semana. Temos 70% acima de 25 anos, idade que entendemos que se espera o pico de performance. Todos vieram com a convicção nossa de serem jogadores aptos a jogar no Vasco".

CEO da SAF, Luiz Mello teve aparições públicas, como no caso da palestra "Jurisports 10 anos", que aconteceu no último dia 26. Ele também esteve presente na premiação do Campeonato Carioca, no dia 10 de abril, mas não concedeu entrevistas.

Já a alta cúpula da 777 Partners, que reside nos Estados Unidos, veio ao Rio de Janeiro na estreia no Campeonato Brasileiro, no empate em 2 a 2 com o Palmeiras no Maracanã, mas também não se pronunciou aos jornalistas.

O Vasco se encontra na zona de rebaixamento do Brasileiro e não vence há sete jogos.

Fonte: UOL Esporte
  • Sábado, 20/04/2024 às 16h00
    Vasco Vasco 1
    Fluminense Fluminense 2
    Campeonato Brasileiro - Série A Maracanã
  • Sábado, 27/04/2024 às 16h00
    Vasco Vasco
    Criciúma Criciúma
    Campeonato Brasileiro - Série A São Januário
  • Domingo, 05/05/2024 às 16h00
    Vasco Vasco
    Athletico Paranaense Athletico Paranaense
    Campeonato Brasileiro - Série A Ligga Arena
  • Domingo, 12/05/2024 às 11h00
    Vasco Vasco
    Vitória Vitória
    Campeonato Brasileiro - Série A São Januário
  • Sábado, 18/05/2024 às 21h00
    Vasco Vasco
    Flamengo Flamengo
    Campeonato Brasileiro - Série A A definir
  • Domingo, 26/05/2024 às 16h00
    Vasco Vasco
    Palmeiras Palmeiras
    Campeonato Brasileiro - Série A Arena Barueri
  • Domingo, 02/06/2024 às 18h30
    Vasco Vasco
    Cruzeiro Cruzeiro
    Campeonato Brasileiro - Série A São Januário