Futebol

Estrutura do Inter Miami impressiona o Vasco

Depois do Explora Stadium, em Orlando, o Vasco vai se deparar com outro estádio de primeira linha em sua passagem pelos Estados Unidos. Neste sábado, às 21h30 (de Brasília), o time enfrenta o Inter Miami em amistoso no DRV PNK Stadium, em Fort Lauderdale.

A viagem do clube, além do foco esportivo, tem sido importante para estreitar laços com a 777 Partners, detentora de 70% da SAF vascaína, e para levar ao Brasil boas referências das estruturas que têm os clubes da MLS, a principal liga americana. O Vasco e a empresa projetam reformas no CT Moacyr Barbosa e em São Januário.

- Todos nós temos uma sensação muito positiva das estruturas daqui, das condições de treino. Especialmente aqui no Miami, a possibilidade de ter os campos de treino ao lado do estádio, ter tudo próximo, funcional. O que chamou bastante atenção da gente e proporcionou boas condições de treino foi a qualidade dos campos, impecável. Uma grama baixa, rápida. Isso ajuda muito o meu trabalho, o trabalho deles, facilita o domínio, o passe - destacou o técnico Maurício Barbieri.

CT do Inter Miami

Apesar do jogo contra o River Plate em Orlando, no estádio do Orlando City, o Vasco usa como base as instalações do Inter Miami em For Lauderdale. Todos os treinos de Maurício Barbieri aconteceram no centro de treinamentos Florida Blue, que impressiona pela estrutura.

O CT do Inter Miami possui sete campos (seis de grama natural e um artificial) e é casa não só da equipe profissional, mas também das categorias de base, desde o sub-13. Um facilitador para a integração entre todas as etapas de formação de atletas no clube.

Estratégia que o Vasco já vem planejando colocar em prática. A equipe carioca prevê que pelo menos o sub-20 use o CT do profissional o mais breve possível. A integração é uma das prioridades do clube, que colheu frutos nos últimos anos. Contra o River Plate, por exemplo, cinco jogadores da base foram titulares: Alexander, Miranda, Figueiredo, Pec e Erick Marcus. Em termos financeiros, a diretoria concretizou recentemente a venda da joia Andrey Santos para o Chelsea, da Inglaterra.

- Tenho bastantes amigos que jogam na liga americana, todos me falam que as estruturas aqui são referência. Poder ver isso de perto, vivenciar isso só comprova. Realmente, aqui no Inter pelo menos, é muito acessível estar do lado do estádio, você sai e vai para o campo, tem academia perto, tudo perto. Isso torna o ambiente muito bom para se trabalhar. Os campos estão muito bons, não tem o que falar - afirmou o centroavante Pedro Raul na véspera do jogo.

Estádio do Inter Miami

O nome do estádio, Drive Pink, faz referência a uma campanha da AutoNation, patrocinadora do Inter Miami, para arrecadação de fundos para instituições que tratam o câncer. Sócio-proprietário do clube, David Beckham tem grande envolvimento com projetos sociais no mundo todo.

- O Inter Miami tem o orgulho de se juntar à AutoNation na missão de eliminar o câncer, aproveitando o poder do futebol e de nossos torcedores - diz o site oficial do clube.

O DRV PNK Stadium fica localizado ao lado do centro de treinamentos do Inter Miami e tem capacidade para 19.100 pessoas.

No lugar que hoje abriga as instalações do Inter Miami funcionava antes o Lockhart Stadium, que era usado pelo clube, mas não tinha as condições necessárias por ser mantido pela prefeitura. A equipe de Beckham conseguiu, em 2019, aprovação da cidade de Fort Lauderdale para usar o espaço em um contrato de 50 anos e construir suas novas instalações no lugar do antigo estádio. As obras foram finalizadas em apenas um ano.

A estreia do DRV PNK aconteceu em um jogo do Fort Lauderdale contra o Greenville Triumph em 2020. A primeira partida do Inter Miami em casa foi em agosto daquele ano, com vitória por 3 a 2 sobre o Orlando City. O estádio também é palco de jogos de futebol americano.

Novo estádio vem aí

Mas, na realidade, o DRV PNK foi construído para ser um estádio provisório. Andando pelo local percebemos que a estrutura de metal que abriga parte da arquibancada está pronta para ser desmontada. Ao elogiar o estádio para um funcionário que passava pela reportagem, ouvimos: "Isso não é definitivo". O que impressiona mais.

O Inter Miami tem um projeto em andamento para construir seu próprio estádio em Miami, o Miami Freedom Park. Em 2022, o clube conseguiu aprovação junto à cidade para dar andamento às obras.

O projeto prevê a construção de um estádio com capacidade para 25 mil torcedores e inclui lojas, hotéis, parque, restaurantes, centro de treinamento e outras obras de infraestrutura. A expectativa é que o Miami Freedom Park esteja pronto para a temporada 2025. O local é 100% financiado pelos proprietários do clube.

- O Miami Freedom Park contribuirá com mais de US$ 40 milhões em receita fiscal anual para as escolas públicas da cidade de Miami, do condado de Miami-Dade e do estado da Flórida, e criará 15.000 empregos diretos e indiretos - informa o clube.

Fonte: ge
  • Quinta-feira, 02/02/2023 às 19h00
    Vasco Vasco 5
    Resende Resende 0
    Taça Guanabara São Januário
  • Terça-feira, 07/02/2023 às 21h10
    Vasco Vasco
    Nova Iguaçu Nova Iguaçu
    Taça Guanabara Mané Garrincha
  • Domingo, 12/02/2023 às 18h00
    Vasco Vasco
    Fluminense Fluminense
    Taça Guanabara Maracanã
  • Quinta-feira, 16/02/2023 às 20h30
    Vasco Vasco
    Botafogo Botafogo
    Taça Guanabara Maracanã
  • 25/02 ou 26/02
    Vasco Vasco
    Boavista Boavista
    Taça Guanabara São Januário
  • 04/03 ou 05/03
    Vasco Vasco
    Flamengo Flamengo
    Taça Guanabara Maracanã
  • 04/03 ou 05/03
    Vasco Vasco
    Bangu Bangu
    Taça Guanabara São Januário