Eurico desaparece do Vasco e MUV fica sem a lista de sócios votantes

13/09/2006 às 11h26 - POLÍTICA

Em entrevista ao programa Só Dá Vasco, da Rádio Bandeirantes, o presidente do Movimento Unido Vascaíno (MUV), José Henrique Coelho, informou que na tarde de ontem (12/09) um oficial de justiça esteve em São Januário para entregar uma intimação ao presidente do Vasco, Eurico Miranda. O documento, emitido pela 7º Vara Cível do Rio de Janeiro, estabelece que o clube deverá apresentar, no prazo máximo de 24 horas, a lista completa e atualizada contendo a identificação de todos os sócios aptos a votar nas eleições marcadas para o mês de novembro.

O oficial de justiça foi a São Januário acompanhado de duas advogadas contratadas pelo MUV, as quais foram impedidas de entrar nas dependências do clube.

Embora o automóvel de Eurico estivesse no estacionamento e algumas pessoas tenham visto o cartola circulando por São Januário, não foi possível encontrá-lo para entregar a citação, após uma longa e exaustiva busca pelos corredores do clube. O oficial de justiça chegou em São Januário por volta das 17 horas e lá ficou por cerca de duas horas e meia, sem lograr êxito em encontrar o mandatário do Vasco.

José Henrique Coelho garantiu que o MUV continuará lutando para obter a lista completa de sócios votantes, que, aliás, é um direito estabelecido no próprio estatuto do Vasco.

Fonte: SUPERVASCO.COM