Eurico garante que sócios do Vasco não correm perigo de pagar dívida com Edm

14/02/2006 às 21h41 - POLÍTICA

O presidente do Vasco, Eurico Miranda, disse que não está preocupado com a derrota do time na Justiça do Trabalho, que teria condenado o clube a pagar cerca de R$ 8 milhões ao atacante Edmundo. Na sentença, Eurico e o vice de futebol do Vasco, José Luiz Moreira, teriam os bens pessoais penhorados caso o clube não pagasse a dívida. Caso o valor não chegasse ao determinado na sentença, os sócios do Vasco seriam obrigados a pagar a indenização.

- Isso que foi apresentado à imprensa foi a versão do advogado da outra parte. Isto é uma decisão em primeira instância, que cabe vários recursos. Mesmo assim, ainda não fomos informados oficialmente. Mesmo que nos condenem, o Vasco tem um patrimônio muitas e muitas vezes superior a este valor - garantiu o presidente vascaíno no programa Arena, da Sportv.

Eurico colocou ainda em dúvida a veracidade da informação.

- Estranho que isto tenha surgido. Mandei gente no fórum e não conseguiram informações sobre a sentença. Ninguém tem cópia desta sentença - afirmou Eurico.

O presidente vascaíno tranqüilizou os sócios do clube, diante da possibilidade de terem seus bens penhorados.

- Esta possibilidade não existe. Em hipótese alguma, algum sócio vai responder pela dívida. Na sentença não há nada falando disso.

Eurico disse que é favorável ao Estatuto do Torcedor, que obriga os dirigentes dos clubes a pagarem as dívidas que fizerem durante o seu mandato.

- Sou a favor, desde que ninguém seja obrigado a assumir dívida antiga. No Vasco, isto já existe no estatuto interno. Quem causar dano ao patrimônio do clube pagará do seu próprio bolso - disse.

O presidente vascaíno disse que o Vasco não é o único citado na sentença, por isso, está recorrendo.

- Quem trouxe o Edmundo para o Vasco foi uma empresa que era nossa parceira na época. Eles que devem o que o Edmundo está pedindo. Não somos culpados de nada. Além disso, este valor (R$ 8 milhões) será muito reduzido - garantiu.

Fonte: Lancenet!