Ex-zagueiro do Vasco, Mauro Galvão analisa escolha de capitão da Seleção

06/07/2018 às 08h30 - FUTEBOL

Nesta sexta-feira, contra a Bélgica, Miranda será pela segunda vez capitão da seleção na Copa da Rússia. Marcelo e Thiago Silva também já tiveram sua chance. O que acham do rodízio ex-jogadores como Edinho e Mauro Galvão, que fizeram história com a braçadeira no Fluminense e no Vasco, respectivamente?

É a favor do rodízio de capitães promovido por Tite?

Edinho - Não concordo. Toda equipe tem que ter uma referência no grupo e no campo. Construir um líder é um processo demorado. Esse rodízio dificulta.

Mauro Galvão - Lembra que o Thiago Silva andou reclamando quando o Neymar era o capitão do time? Tite tentou evitar uma disputa que poderia acontecer por uma faixa que não pode ser tão valorizada. A ideia é tirar esse foco para não gerar um problema.

Quem é o mais indicado para usar a braçadeira?

Edinho - Não conheço a personalidade do grupo, mas certamente o Thiago Silva está desgastado. O Marcelo poderia ser, o Casemiro...

Mauro Galvão - Gosto do Miranda, por tudo o que já fez no futebol, pela experiência...

Um jogador como Neymar pode ser capitão?

Edinho - Não. Ele tem que estar concentrado para fazer a diferença, e não para ter que tomar alguma decisão no jogo. Ele é já é nossa diferença técnica.

Mauro Galvão - Acho que o zagueiro, por estar vendo o jogo, próximo ao meio e ao ataque, é o mais indicado para ser o capitão.

Foto: Márcio Alves Mauro Galvão
Mauro Galvão

Fonte: Agência O Globo

Enquete

Você é favorável ao retorno de Antônio Lopes no cargo de dirigente?

Deixe seu comentario