Ferj cria comissão para preparar protocolo para a volta do Carioca

26/05/2020 às 13h13 - FUTEBOL

Com planejamento de retomar o Campeonato Carioca em meados de junho, a FERJ decidiu criar uma Comissão Especial de Saúde. O grupo de médicos vai compilar dados e preparar um novo protocolo para a volta dos jogos. A comissão é formada pelos médicos Marcos Teixeira (Vasco), Márcio Tannure (Flamengo) e Rômulo Capello Teixeira (Bangu).

A ideia é juntar dados colhidos nos clubes cariocas, além de informações de experiências internacionais de clubes do exterior, que já voltaram a jogar. A partir daí formular um protocolo detalhado para a volta dos jogos no Rio de janeiro.

- Vamos compilar dados da experiência adquirida, em especial de Vasco e Flamengo, que já realizaram a testagem de jogadores, comissão técnica e dos familiares desses clubes. Já temos uma grande experiência sobre a real situação da nossa população. Vamos também compilar dados de experiências internacionais do retorno do esporte, como o Campeonato Alemão, por exemplo.

- A partir daí vamos desenvolver um protocolo de segurança para que, quando houver a liberação das autoridades competentes, nós possamos realizar os jogos do Campeonato Carioca. Levando em consideração que serão jogos sem públicos, com quantidade reduzida de funcionários, staff, além de medidas de proteção individual, controle mais rigoroso de acesso e testagem das pessoas envolvidas. Vamos compilar toda essa experiência e literatura e vamos avaliar e propor esse novo protocolo – explicou Marcos Teixeira, coordenador médico do Vasco e um dos integrantes da Comissão Especial de Saúde criada pela Ferj.

Após a criação, o protocolo será submetido à análise e debate com médicos dos clubes cariocas, em reuniões nos dias nesta quarta e quinta. Seguindo os protocolos estabelecidos, o Flamengo já retornou aos treinos na última semana e o Vasco prepara a volta às atividades em São Januário.

Assim como Vasco e Flamengo, outros clubes, com ajuda da Ferj, testaram seus elencos. Casos de América, Bangu, Nova Iguaçu, Madureira, Boavista, Portuguesa e Volta Redonda

Fonte: GloboEsporte.com