Fernando Miguel fala sobre processo de transição, jogos em SJ e ideias

05/06/2019 às 15h38 - CLUBE

Fernando Miguel: "Venho trabalhando desde semana passada num processo de transição. Já estou mais solto, sem limitação. Preciso ganhar ainda, mas vou pulando etapas para ajudar. Mas o Vanderlei ainda não confirmou se vou jogar ou não". #gevas

Fernando Miguel, sobre dois jogos em São Januário: "É onde o torcedor deveria estar satisfeito e feliz com as atuações. Não está acontecendo. Temos que entender nossa responsabilidade. Só conquistamos o torcedor com aquilo que desenvolvemos". #gevas

Fernando Miguel: "Estou à disposição. Participei do coletivo de maneira integral, sem limitação. Depende da avaliação da comissão técnica. Eles que decidem e fazem as análises para ver quem está na melhor condição (para jogar)". #gevas

Fernando Miguel: "Foi difícil (ficar fora). Momento muito importante. Preciso respeitar, porque acontece no futebol. É preciso estar junto com os companheiros e apoiar quem entra em campo com esta camisa". #gevas

Fernando Miguel: "Procurei estar junto, conversar para trazer confiança. Futebol é feito de conjunto, e não são só 11 jogadores, mas um grupo de atletas que representam uma instituição tão grande. Precisamos apoiar de alguma forma". #gevas

Fernando Miguel: "Ideias de jogo. Alberto tinha a dele, Marcos, a dele. O Vanderlei tem a dele. Estamos procurando corresponder ao que ele pensa. Vejo a equipe começando a se moldar do jeito que ele quer. Precisamos voltar a vencer para vislumbrar um horizonte mais bonito".#gevas

Fernando Miguel, sobre a não abertura de sindicância contra Campello: "A gente observa. Mas o aspecto político do clube diz respeito a sócios e conselheiros. Nós precisamos estar concentrados. Temos muita demanda para evoluir". #gevas

Fernando Miguel, sobre Mazzucco, novo diretor: "Ele chegou ontem. Foi apresentado a nós. Esperamos que ele venha para somar junto com a gente também". #gevas

Fernando Miguel: "Nossa equipe está um pouco mais segura defensivamente. Vanderlei começou a construir a equipe de trás para frente. Precisamos ter mais atenção nos últimos minutos. Essa solidez tem aparecido e precisa ficar evidente com vitórias". #gevas

Fernando Miguel: "Se a gente demonstrar evolução, não vamos brigar em dezembro (contra o rebaixamento). Se continuar a oscilação, a tendência é que brigue. Vamos procurar melhorar a cada dia e vencer o próximo jogo, que é o mais importante". #gevas

Fonte: Twitter do jornalista Felipe Schmidt/GloboEsporte.com