Fernando Miguel pede: 'A gente precisa ser um pouco mais incisivo'

13/09/2019 às 10h23 - FUTEBOL

O crescimento do Vasco no Campeonato Brasileiro desde a chegada de Vanderlei Luxemburgo foi interrompido nas últimas duas rodadas, com as derrotas para Cruzeiro e Bahia. Para o goleiro Fernando Miguel, este é o primeiro grande momento de oscilação do time. E, por isso mesmo, é hora de manter a convicção no trabalho.

- É o primeiro momento em que a gente passa por uma oscilação para baixo desde que o Vanderlei chegou. A gente precisa ter a consciência desse momento e voltar a trabalhar para fazer com que esse momento vire para cima de novo, e a gente consiga pontuar. Precisamos ter convicção. Não é hora de duvidar de nada - afirmou o goleiro em entrevista coletiva.

Para Fernando Miguel, faltou ao Vasco ser um pouco mais incisivo nas últimas partidas, especialmente contra o Bahia, em São Januário.

- A gente precisa ser um pouco mais incisivo, consistente, seguro como equipe, para que possamos dar segurança para que os atacantes consigam nos colocar em vantagem. Contra o Bahia, nós não conseguimos ter essa eficiência e criar oportunidades. Nas outras partidas, tivemos um volume interessante.

O Vasco viaja no início da tarde desta sexta-feira para Chapecó. No sábado, às 19h (de Brasília), a equipe enfrenta a Chapecoense na Arena Condá, pela 19ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Confira outros tópicos da coletiva:

Duelo com a Chapecoense

O mais importante é ter a consciência da forma como vamos encarar a Chapecoense. É sempre difícil jogar lá, é uma equipe que não se entrega. É um momento decisivo, o último jogo do turno, e esperamos trazer algum ponto de lá. Se não for a vitória, que seja pelo menos o empate.

Volta de Talles

É um menino que vinha apresentado evolução. Ele faz bem ao nosso time. Espero que ele volte assim como saiu, em grande estilo.

Novos meninos da base

Nosso grupo é muito receptivo. Os meninos chegam, já conhecem a casa, mais do que muitos que estão aqui, e têm a confiança de todos. Precisam chegar aqui e trabalhar da mesma forma que na categoria deles. Esperamos que eles sigam avançando, porque têm toda a nossa confiança.

Fonte: GloboEsporte.com