Torcida

Flamengo x Vasco; PM usa drones, helicóptero e tem dia de poucas ocorrências

O clima era de apreensão após as violentas brigas do último dia 5, mas com o afastamento das organizadas, uma readequação na logística e um forte aparato que contou até mesmo com drones e helicóptero, a Polícia Militar conseguiu dar segurança ao Flamengo e Vasco de ontem (13), e o clássico acabou tendo poucas ocorrências no Maracanã, nenhuma de alta gravidade.

Drones e helicóptero

Após admitir falhas na execução do clássico entre o Rubro-Negro e o Cruzmaltino na Taça Guanabara, a Polícia Militar montou um esquema especial e não abriu mão da tecnologia.

O Grupamento Aeromóvel (GAM) levou ao Maracanã drones, utilizados para monitorar o público e guiar os policiais em terra.

Um helicóptero chamado de "Fênix" também sobrevoou as imediações do estádio para mapear a movimentação dos torcedores.

Viaturas realizaram pequenas blitz nas principais vias de acesso ao Maracanã e o entorno teve o reforço da Cavalaria e do Batalhão de Choque.

As estações ferroviárias - que haviam sido alvos de críticas por parte dos torcedores — foram reforçadas pelo Grupamento de Policiamento Ferroviário (GPFer) e pelo Batalhão de Rondas Especiais e Controle de Multidão (Recom).

O UOL esteve presente no Juizado Especial Criminal (Jecrim) do Maracanã no intervalo do clássico de ontem. Segundo os policiais civis que estavam no plantão, foram poucas as ocorrências antes da partida, nenhuma de maior gravidade.

Os delitos registrados foram a prática de cambismo — com a apreensão dos ingressos — a prisão de um torcedor que atirou objeto no gramado após o primeiro gol do Vasco, e de outro que portava um artefato explosivo de menor porte. Não houve detenções por briga.

Organizadas afastadas

Uma das diferenças na logística da Polícia Militar ontem (13) foi influenciada por uma decisão da Justiça em afastar por tempo indeterminado as principais organizadas de Flamengo e Vasco, além das de Botafogo e Fluminense.

Com isso, não houve escolta destes torcedores, o que permitiu aos policiais terem mais homens e equipes em pontos estratégicos do acesso ao Maracanã.

Além da suspensão das organizadas, foram presos temporariamente os presidentes da Raça Rubro-Negra, da Torcida Jovem do Flamengo, da Força Jovem do Vasco e da Young Flu.

Fonte: UOL Esporte
  • Sábado, 24/02/2024 às 17h30
    Vasco Vasco 2
    Volta Redonda Volta Redonda 1
    Campeonato Carioca Kleber Andrade
  • Terça-feira, 27/02/2024 às 21h30
    Vasco Vasco
    Marcílio Dias Marcílio Dias
    Copa do Brasil Dr. Hercílio Luz
  • Domingo, 03/03/2024 às 18h10
    Vasco Vasco
    Portuguesa Portuguesa
    Campeonato Carioca São Januário