Fora dos planos do Vasco, Sidão não deve retornar para o Goiás

17/12/2019 às 11h31 - MERCADO

Com mais um ano de contrato com o Goiás, o goleiro Sidão ainda tem futuro indefinido. Emprestado ao Vasco para o Campeonato Brasileiro, ele deveria se reapresentar ao time goiano em 2020, porém, a diretoria esmeraldina não vê clima para o retorno de Sidão.

O Goiás conta com outros quatro goleiros no elenco: Tadeu, titular absoluto, Marcelo Rangel, nome que agrada bastante à diretoria, Matheus, prata da casa, e Marcos, que também poderá ter a saída facilitada.

- Estou conversando com o empresário do Sidão para tentarmos achar um termo para ele seguir a vida também. Não adianta, com toda a bagagem que tem, ele retornar ao Goiás para ser terceiro ou quarto goleiro. Para ser bem direto, não acho que, para a carreira dele, é viável retornar ao Goiás hoje – disse Túlio Lustosa, diretor de futebol, ao jornal O Popular.

Sidão foi contratado junto ao São Paulo e começou a temporada como titular no Goiás, disputando 19 partidas. No entanto, algumas falhas e uma declaração deixaram a situação do goleiro complicada no Verdão.

Após um jogo do Campeonato Goiano, Sidão afirmou eu trocar o Tricolor Paulista pelo Goiás tinha sido uma "descida na carreira", o que não pegou bem com a torcida esmeraldina.

Ele foi emprestado ao Vasco, mas atuou apenas em sete jogos e foi reserva de Jordi. O Cruz-Maltino aguardava a definição do novo treinador, que será Abel Braga, e ainda não demonstrou interesse em renovar o empréstimo.

Fonte: GloboEsporte.com