Galhardo: "Tem que saber que não vamos jogar os 90 minutos bem"

28/11/2018 às 16h52 - FUTEBOL

Galhardo: "Tem homens aqui. Trabalhadores. Nunca fugiram das responsabilidades que têm. Os últimos cinco jogos que fizemos foram bons. Quando você faz bons jogos, por mais que a vitória não venha, significa que você está no caminho certo". #gevas

Galhardo: "O problema seria se a gente estivesse jogando como contra o Fluminense, em que sofremos o tempo inteiro. Isso, sim, seria incômodo e meio tenso para ir para a última rodada. Mas o que fizemos no primeiro tempo contra o Palmeiras serve muito". #gevas

Galhardo, sobre oscilação: "Pela tensão que estamos vivendo. É normal. O Palmeiras buscava o título a todo momento. Você acaba recuando um pouco. O Palmeiras fez o gol e recuou, e ficamos em cima deles. O jeito é preparar. Temos de hoje a domingo para treinar bastante"'. #gevas

Galhardo, sobre rotina: "Não tem que mudar nada na sua vida. Hoje é aniversário do meu filho. Se eu ficar parado, só vou ficar fazendo conta, simulação, pensando. Tudo que venho fazendo, me preparando bem, ao longo do ano eu vou continuar fazendo nesta semana". #gevas

Galhardo e as palavras de ordem na semana: "Tranquilidade e equilíbrio. Tem que saber que não vamos jogar os 90 minutos bem, na hora que tivermos sofrendo, temos que saber sofrer, mas sabendo que podemos encaixar um contra-ataque". #gevas

Foto: Bruno Giufrida Thiago Galhardo
Thiago Galhardo

Fonte: Twitter do jornalista Felipe Schmidt/GloboEsporte.com

Especulação

Não vem

Você aprova a contratação de Ricardo Rocha (Dirigente)?

Especulações Mercado