Henrique: 'Essa partida foi o nosso batismo na Libertadores'

23/02/2018 às 08h43 - FUTEBOL

Atuação de gala, vitória convicente em São Januário, altitude, pressão adversária, derrota doída fora de casa, decisão por pênaltis e volta por cima. Não faltou nada no roteiro do confronto entre Vasco da Gama e Jorge Wilstermann, válido pela terceira fase da Conmebol Libertadores. No fim, na base do coração e com três defesas espetaculares de Martín Silva, o Cruzmaltino levou a melhor e garantiu um lugar na fase de grupos.
 


Henrique em ação contra o Jorge Wilstermann- Foto: Carlos Gregório Jr/Vasco.com.br


Conquistada de forma suada e com uma enorme dose de emoção, a classificação veio para coroar todo o esforço do elenco nos últimos meses. Mesmo enfrentando a descrença e diversas dificuldades, o grupo não jogou a toalha, muito pelo contrário, se fechou e seguiu dando a vida para recolocar o nome do Gigante da Colina em evidência. O feito atingido foi exaltado por Henrique.

- Nós sabíamos que seria necessário fazer um placar legal em São Januário em virtude da força do Wilstermann atuando na Bolívia. Se tratava de um time que vinha de resultados expressivos dentro de casa, alguns deles contra equipes de tradição. Por tudo que a gente trabalhou nos últimos seis meses, pelo nosso esforço, pela nossa dedicação, foi justo e merecido a gente ter saído de campo com essa classificação - declarou o prata da casa.

Apesar de estar feliz com a continuidade vascaína na Conmebol Libertadores, o lateral-esquerdo reconheceu que a apresentação durante o tempo normal diante do Jorge Wilstermann não foi das melhores. Para Henrique, porém, a experiência vivida foi importante e fará o Vasco da Gama chegar ainda mais preparado na fase de grupos. O jovem acredita que o Cruzmaltino foi "batizado" no torneio continental.

- Quando chegamos no vestiário falamos muito sobre tudo que aconteceu. Temos consciência que não fizemos um bom jogo, mas se tratava de uma decisão de 180 minutos. Eles foram bem aqui e nós em São Januário. Nessa fase o importante é classificar e nós conseguimos. Essa partida foi o nosso batismo na Libertadores. Agora é pensar na fase de grupos e ver onde precisamos melhorar para crescer dentro da competição - disse Henrique.

Garantido na fase de grupos da Conmebol Libertadores 2018, o Vasco retornou ao Brasil na noite da última quinta (22/02). A próxima partida pelo torneio continental será apenas no dia 13 de março, contra a Universidad de Chile, em São Januário. Antes desse compromisso, o Almirante voltará suas atenções para o Carioca. A estreia na Taça Rio será no domingo (25), às 17 horas, diante da Portuguesa, em Edson Passos

Fonte: Site oficial do Vasco

Enquete

Você é favorável ao retorno de Antônio Lopes no cargo de dirigente?

Deixe seu comentario