Jogo entre Vasco e Resende também pode ser adiado

08/02/2019 às 08h28 - FUTEBOL

Quantas pessoas morreram?

São dez mortos. Seis jogadores que pertenciam ou faziam teste nas divisões de base do Flamengo e quatro funcionários do clube. Nenhum deles foi identificado até agora.
 

Quantos feridos?

Três jovens estão no Hospital Lourenço Jorge em estado grave. Os nomes são: Cauã Emanuel Gomes Nunes, 15 anos, natural de Fortaleza; Francisco Diogo Bento Alves, de 15 anos, jogador da base; e Jonathan Cruz Ventura, de 16 anos, jogador da base. O agente esportivo de Cauã já informou que ele está bem. Já Jonathan, com queimaduras em cerca de 40% do corpo, será transferido para o Centro de Tratamento de Queimados do Hospital Municipal Pedro II, em Santa Cruz.
 

Onde aconteceu o incêndio?

Numa parte do alojamento, que eram containers, e que estava prestes a ser desativada, no Ninho do Urubu, em Vargem Grande, na Zona Oeste do Rio. Estes atletas seriam transferidos em alguma semanas para o CT profissional. Muitos deles conseguiram escapar, e alguns estão em estado de choque, de acordo com parentes. Um pai afirmou que um dos meninos que escapou percebeu a fumaça.

Qual a posição do Flamengo até agora?

O clube ainda não se pronunciou oficialmente. Um pai de um dos garotos sobreviventes afirmou que recebeu informações diretamente do clube a respeito do bem-estar do jovem o que indica que o clube está priorizando as famílias. Outros, porém, às portas do Ninho do Urubu, afirmaram que não receberam informações.
 

Quais são as causas do incêndio?

Segundo o Corpo de Bombeiros, só a perícia poderá apurar as linhas de investigação. Por ora, a operação ainda é de rescaldo. Os Bombeiros teriam sido acionados por volta das 5h17 por um dos funcionários do clube que chegou a ouvir um estouro por volta das 5h10. A luz teria caído logo na sequência. Os Bombeiros teriam chegaram ao local por volta das 5h45.


A que horas começou o incêndio?

Os Bombeiros foram chamados ao local às 5h17 da manhã.
 

Outras consequências:

Para esta manhã, a Ferj convocou reunião de emergência com representantes dos clubes semifinalistas do Estadual (Flamengo e Fluminense, que se enfrentariam neste sábado, e Vasco e Resende, no domingo). Em nota, a federação de futebol do Rio afirmou que "não há clima" para a realização das partidas e deve propor o adiamento das semifinais.

Fonte: Agência O Globo