Jorginho fala sobre Maxi López e outros jogadores do plantel vascaíno

16/07/2018 às 23h14 - FUTEBOL

Jorginho: "Aquela confusão que houve ali, um dos jogadores do Bahia cuspiu num dos nossos diretores. Uma atitude reprovável. Não se cospe na cara de ninguém. É pior que um soco. É esse nível que a gente precisa coibir". #gevas

Jorginho: "Maxi é um jogador importante, com característica diferente, experiência internacional grande. Jogador de área, que nos dá forma diferente de jogar". #gevas

Jorginho: "Lenon sofreu contusão num treinamento extremamente leve que fizemos. Batendo pênalti, ele sentiu no último pênalti, um estiramento no anterior da coxa. Infelizmente, para piorar, ainda tivemos problema do Galhardo". #gevas

Jorginho: "Treinamos muito com o PIkachu entrando no facão, era uma jogada muito forte. O Kelvin entrou no lugar do Galhardo, mudamos a característica. E havíamos treinado insistentemente a jogada do Pikachu". #gevas

Jorginho: "Sabemos o quão importante é conquistar os pontos em casa. Esse jogo foi fundamental para que a gente entenda que aqui é nossa casa. Temos que nos sentir assim, acolhidos e amados. A torcida deu um show hoje. Por isso, fiz questão de levar os jogadores". #gevas

Foto: Reprodução internetjorginho
jorginho

Fonte: Twitter do jornalista Fred Huber/GloboEsporte.com

Enquete

Quem você gostaria que fosse o novo técnico do Vasco?

Deixe seu comentario