Análise do empate com o Resende em 1 a 1

29/02/2020 às 21h57 - IMPRENSA

A primeira coisa que o Vasco tem que fazer para evoluir é ter uma escalação com os melhores jogadores que o elenco tem. Treiná-los e entrosar ao máximo. Enquanto atletas que não têm condições de iniciar o jogo continuarem em campo, o nível vai ser sempre esse: baixo.

Abel Braga tem quase 3 meses à frente do time e não há poder de fogo. Só vence por diferença mínima e com lampejos de um ou dois jogadores. Estamos falando do Campeonato Carioca, aquele que geralmente ilude por goleadas. No caso, a realidade só está sendo escancarada.

É difícil cobrar um grupo com todas as pendências constantemente faladas, mas o técnico tem que saber ao menos o que ele têm em mãos. São muitas invenções e insistências sem sentido. Pouquíssimos acertos de Abel. Cito o Andrey. Henrique também subiu de produção. E só.

Não há melhora, o que não gera perspectiva. Só medo para o torcedor que já viu esse filme e não aguenta mais sofrer. Campeonato Brasileiro começa em 2 meses e não se sabe pouquissímo das forças do Vasco em 2020, mas muito das fraquezas.

 

Fonte: Twitter do jornalista Lucas Pedrosa