Imprensa

Jornalista analisa momento do Vasco na Série B

O Vasco ficou no 1 a 1 com o Brasil na sexta (3), em São Januário, e segue patinando entre o 8° e o 10° lugares. Mas a má campanha na Série B não é fato isolado. Ela é a soma de erros cometidos pela nova direção quando o time ainda lutava para ficar na Série A, em dezembro… Dedo indicador apontando para a direita 👉🏻

Era evidente que na reta final da disputa, imerso em conflitos políticos e sem dirigentes amadores ativos no futebol, Vasco precisava de quem conduzisse a pasta em alto nível. Jorge Salgado flertou com Rodrigo Caetano, mas optou por Alexandre Pássaro, ex-gerente do São Paulo. 👉🏻

Por quê? Quem o indicou o gerente são paulino? Salgado não diz. Ele não se envolvia com o futebol desde a saída da CBF, em 90. Mas nega que tenha acatado indicação de Carlos Leite, o agente “parceiro” que se associou ao futebol vascaíno com a volta de Eurico Miranda, em 2015. 👉🏻

Pássaro assumiu em janeiro, com 12 jogos a cumprir no Brasileiro. Tentou a contratação do técnico Zé Ricardo, sem se desligar do São Paulo, mas, sem êxito, acertou o retorno de Luxemburgo. E a mescla da vivência de campo com a formação acadêmica parecia interessante. Parecia… 👉🏻

O diretor reduziu o elenco, não renovando contratos de jogadores que estavam em baixa, gerou desconforto num grupo que convivia com salários atrasados e pôs nas mãos do técnico um elenco mal formado e inexperiente. E a demora quanto a permanência de Benitez piorou o cenário… 👉🏻

A nove rodadas do fim, o Vasco estava a quatro pontos do Z-4 e restando cinco jogos tinha dois a mais do que o 17°. Mas ao final do primeiro mês da gestão Pássaro o time desandou. Em fevereiro, perdeu três, empatou um e venceu o Goiás, no duelo dos rebaixados, na rodada final. 👉🏻

A dispensa de Vanderlei, com saída das antigas referências, e a chegada de Marcelo Cabo deu a falsa impressão de que o Vasco construiria perfil competitivo para a Série B. Mas a demora na montagem do elenco jogou fora o Estadual, e o time até hoje carece de peças competitivas. 👉🏻

O Vasco tem muitos problemas decorrentes de seu endividamento e a sua divisão política só fez acentuar o acanhamento. O grupo que jogava pedra na vidraça assumiu poder e hoje esconde o rosto. Mas está provado que o clube não andará com as pernas do judiciário. Ao contrário. 👉🏻

Salgado sabe que errou feio ao optar por Pássaro e o jovem que ganhou um grande clube de presente tenta entregar o que não sabe. O técnico, como Vanderlei, se cala para não piorar o clima. Mas se perde nas escolhas e complica o retorno à Série A. Foi com Cabo, e é com Lisca. 👉🏻

O tropeço no Brasil de Pelotas com 76% de posse veio, de novo, em erros esdrúxulos de atletas profissionais. Não é normal que se repita com tanta frequência. Some-se a isso erros de uma arbitragem pusilânime. Também não é normal que se repita com tanta frequência - e tudo bem! 👉🏻

Lisca demorou a lançar o gigante Daniel Amorim, e quando o fez deveria tê-lo posto ao lado de Cano. Não no lugar do artilheiro que, isolado, mais parece um náufrago enxotado da caravela vascaína. Daqui a duas rodadas, o time voltará a ter torcida no estádio. É a última chance. 🙌

Fonte: Twitter de Gilmar Ferreira
Loading...
  • Segunda-feira, 27/09/2021 às 20h00
    Vasco Vasco 2
    Goiás Goiás 0
    Campeonato Brasileiro - Série B São Januário
  • Domingo, 03/10/2021 às 18h15
    Vasco Vasco
    Confiança Confiança
    Campeonato Brasileiro - Série B Arena Batistão
  • Sábado, 09/10/2021 às 16h30
    Vasco Vasco
    Sampaio Corrêa Sampaio Corrêa
    Campeonato Brasileiro - Série B Castelão-MA
  • A definir
    Vasco Vasco
    Coritiba Coritiba
    Campeonato Brasileiro - Série B A definir
  • A definir
    Vasco Vasco
    Náutico Náutico
    Campeonato Brasileiro - Série B A definir
  • A definir
    Vasco Vasco
    CSA CSA
    Campeonato Brasileiro - Série B A definir
  • A definir
    Vasco Vasco
    Guarani Guarani
    Campeonato Brasileiro - Série B A definir