Jornalistas criticam decisão de manter partida para 4ª: "Vida em 2º lugar"

12/02/2019 às 16h54 - IMPRENSA

Absurdo fazer a semifinal com estes avisos de restrição. A vida, de novo, fica em segundo plano. Definitivamente, o Brasil não aprende com as suas tragédias. Se há o alerta de forte chuva e vendaval, pq manter o jogo? Desculpa, f...o futebol em nome do ser humano!

Nessas condições, o mais sensato era colocar o jogo em São Januário e fechar os portões. O recado é simples: o jogo vai ter que acontecer e a presença da torcida é detalhe. A sensação é até que estão colocando a responsabilidade no torcedor: 'se sentir inseguro, não vai'.

Caminhamos para um Vasco x Resende cuja recomendação ao torcedor é: não vá. Bastou o imponderável dar as caras duas vezes (tragédia no Ninho e previsão de temporal) para o caos ser instalado. Nunca foi tão difícil organizar um jogo de futebol. Se contar em Marte ninguém acredita.

Foto: Gilvan SouzaMaracanã
Maracanã

Fonte: Twitter dos Jornalistas Fábio Azevedo e Bruno Marinho