José Carlos Varanda dos Santos Segundo será relator do caso da “Urna 7”

09/01/2018 às 14h40 - CLUBE

Depois da polêmica escolha de Luiz Zveiter e sua posterior desistência, novo sorteio no Tribunal de Justiça do Estado do Rio na tarde desta terça-feira apontou o desembargador José Carlos Varanda dos Santos, do Órgão Especial, como o relator do mandado de segurança pedido pela diretoria do Vasco, a respeito da eleição do clube.

O grupo de Eurico Miranda tenta suspender a eleição para a presidência do clube enquanto não houver uma definição a respeito dos votos da urna 7, suspeitos de irregularidade. Ele pede também para que a atual gestão seja mantida no comando do clube enquanto a questão não for definida na Justiça. Não há previsão de quando sairá o parecer do relator.

Varanda dos Santos é considerado um desembargador pouco acessível dentro do Tribunal do Justiça. Já a escolha de Zveiter, aliado de longa data de Eurico Miranda, causou protestos por parte da oposição. Tanto é que o próprio desembargador declarou suspeição para abrir mão do caso.

Atualmente, os votos da urna 7 estão invalidados enquanto não há uma definição da Justiça a respeito deles. Com isso, Julio Brant é por enquanto o vitorioso na eleição para a presidência do Vasco.

Fonte: Extra Online

Enquete

Você é favorável ao retorno de Antônio Lopes no cargo de dirigente?

Deixe seu comentario