Julio Brant: 'É incoerente Campello reclamar do quórum'

12/06/2019 às 08h29 - POLÍTICA

Expresso 1898 @expresso_1898

Julio Brant (Sempre Vasco):

“É incoerente Campello reclamar do quórum se ele teve 154 votos quando rachou a chapa na eleição da Lagoa. Mesmo que todos os conselheiros da SV que justificaram as suas faltas por motivos de saúde ou profissionais, comparecessem, não haveria quórum”.

Julio Brant (SV):

“Na reunião passada, ele comemorou nossas faltas. Existiram em todos os grupos. Campello, no dia da reunião da sindicância, ligou para todos os conselheiros, pedindo voto contra. Se ele considerasse o empréstimo algo importante para o Vasco, teria ligado”.

Julio Brant (SV):

“Gostaríamos de lembrar que R$10 milhões foram aprovados e, até agora, ainda não conseguiu captar o empréstimo, o que faria o clube viver 2 meses sem sobressaltos. Além do mais, não votamos contra, apenas não houve quórum, reflexo de sua catastrófica gestão”.

Julio Brant (SV):

“Que remarque. Se houver a demonstração para onde os recursos irão, as condições do empréstimo e o compromisso de usar os recursos para acertar os salários atrasados dos funcionários e dos atletas, iremos votar a favor do empréstimo”, concluiu para a Expresso.

Fonte: Twitter do Expresso 1898