Juninho afirma que em 2020 não terá jogos do Brasileiro em data FIFA

01/10/2019 às 08h58 - FUTEBOL

Tormento para torcedores que veem seus times no topo da tabela, as convocações da seleção brasileira para partidas durante o Campeonato Brasileiro estão com os dias contados. Segundo Juninho Paulista, coordenador da seleção principal masculina e convidado do "Bem, Amigos!" desta segunda-feira, o calendário da CBF será como os da Europa e, nas datas Fifa, não terá competições sendo realizadas ao mesmo tempo que uma partida da seleção brasileira.

- No ano que vem, isso acaba (...). Nas datas Fifa, serão cinco, não vai haver jogos conflitantes. Enquanto a seleção brasileira jogar não vai haver jogos conflitantes. O planejamento do calendário em 2020 não contemplava uma copa América. Ela foi lançada em junho deste ano. No ano que vem vamos conviver com esse problema e também com a Olimpíada. Em 2021, 2022, 2023, esses problemas acabaram. Isso vai acontecer. Estou te falando com propriedade. Isso nas datas Fifa (sem contar a Copa América).

Como forma de defender as convocações de jogadores que atuam no futebol brasileiro neste ano e que ainda vão desfalcar seus clubes durante o Brasileiro, Juninho Paulista afirmou que a CBF usou de bom-senso na hora de escolher quem vestirá a camisa da Seleção nos amistosos contra Senegal e Nigéria. De acordo com o ex-jogador, é um pensamento diferente quando se disputa uma competição de mata-mata do que quando o time está em um torneio de pontos corridos.

- A gente trata diferente competições como Libertadores e Copa do Brasil do que o Brasileiro. A gente teve sensibilidade com isso na Copa do Brasil com o Everton. Vai ter um jogo da Libertadores dia 2, agora. O Brasil joga dia 10 e dia 13. O próximo jogo da Libertadores é só no dia 23. O nosso entendimento, foi de que não tendo jogos eliminatórios a gente poderia usar mais desse critério (convocar jogadores que atuam no Brasil).

- E mesmo assim a gente teve o cuidado de não convocar mais de dois por time. A gente sempre procura usar o bom-senso. No nosso entendimento a gente só poderia convocar dois jogadores porque é durante um campeonato que está no início do segundo turno. Em novembro talvez seja um pouco diferente.

Fonte: SPORTV