Kaylane Melo comenta a experiência em período de treinos com a Seleção

29/10/2019 às 15h02 - FUTEBOL

Conhecido pelo DNA formador em todos os esportes, o Vasco da Gama tem diversos atletas em várias seleções de base. No futebol feminino, o clube que revelou a Rainha Marta segue cedendo talentos para a Seleção Brasileira. A meia Kaylane Melo foi convocada pela técnica Simone Jatobá para um período de treinamentos da equipe Sub-17 do Brasil na Granja Comary. 

 

Foto: Laura Zago/CBFKaylane posou para foto com a técnica da Seleção principal, Pia Sundhage
Kaylane posou para foto com a técnica da Seleção principal, Pia Sundhage

Feliz com a oportunidade, o Menina da Colina falou um pouco sobre a experiência de vestir a amarelinha e como o Vasco é importante na formação de atletas e referência no futebol feminino.

- É uma experiência única, um sonho de qualquer atleta de futebol. Tenho aproveitado bastante esse período aqui na Granja Comary para aprender muito. O Vasco é um clube de muita história no futebol feminino, com muitas revelações, e fico muito feliz de ser mais uma representante desse clube grandioso e com uma história tão linda - disse Kaylane.

ENCONTRO DE GERAÇÕES NA GRANJA

A Granja Comary foi palco de um encontro de gerações de Meninas da Colina. A atual capitã da Seleção Brasileira Sub-20, Angelina Constantino, foi formada em São Januário e hoje é titular da equipe profissional do Santos, para onde foi em 2017. Já Kaylane é destaque das equipes Sub-18 e adulta do Vasco. As duas tem algo em comum: foram formadas pelo técnico Antony Menezes, que falou um pouco sobre as crias da #BaseForte:

- Angelina e Kaylane são de gerações diferentes mas de histórias e ambições bem parecidas. Chegaram no Vasco, rapidamente se adaptaram e evoluíram de forma espetacular. Quando na base identificamos atletas com algumas valências especiais, já sabíamos que a sequência seria a Seleção. Angelina foi assim e foi convocada para seleção Sub-15, hoje é capitã da Sub-20 e não foi diferente com a Kaylane, agora na Sub-17, teve a sua primeira convocação. Trabalho não para na base e garanto que ainda existem mais atletas para seguir nessa caminhada que elas se encontram. As duas chegaram por pura dedicação, seriedade e foco além do talento extraordinário que já tem para o futebol. Nós  como comissão somos apenas os direcionadores do caminho certo que elas precisam percorrer para o êxito. Nosso departamento está extremamente feliz porque em menos de três meses, nós tivemos quatro atletas que passaram ou que ainda estão no clube nas convocações das seleções Sub-17 e Sub-20. Isso é fruto de um bom trabalho do Vasco da Gama que nunca deixou de existir e assim seguirá forte na base para fomentar Seleção e equipe adulta do clube.

 

Fonte: Site Oficial do Vasco