Leandro Amaral: "O Vasco é um time muito grande"

25/05/2020 às 08h41 - FUTEBOL

O ex-atacante Leandro Amaral participou de uma live no Instagram da Goal Brasil e falou sobre diversos assuntos. Um deles foi a relação que amor que ele preserva com o Vasco da Gama, clube que jogou. Apesar do sentimento positivo, a impressão e opinião de Leandro é negativa quanto a diretoria e estrutura da agremiação carioca.

"O Vasco continua assim, infelizmente, com os mesmos problemas. Principalmente de salário e estrutura. Hoje em dia eu torço muito para que o Vasco possa voltar ao que era antes, sabe, entrar nos campeonatos com times competitivos, entrar no campeonato pra ser campeão, porque o Vasco é um time muito grande, tem uma torcida muito apaixonada", falou Leandro.

O ex-jogador teve uma passagem de menos de três anos pelo Cruz-Maltino. Ele atuou na equipe entre 2006 e 2009, na qual marcou 30 gols e deu 16 assistências em 67 partidas, sem contar os estaduais.

Amaral não se intimidou e fez cobranças à diretoria do clube do Rio de Janeiro, e lembrou do caso dos salários atrasados na instituição.

"Precisa ter diretores e principalmente o presidente, que manda, no mesmo caminho do torcedor, porque não dá para fazer bons comapeonatos e se destacar da maneira que o Vasco se encontra hoje. O Vasco esse ano não pagou o salário de ninguém. O funcionário sofre mais ainda que o jogador. O jogador ainda tem o salário um pouco maior. Sofre, mas ainda consegue se manter. Agora você imagina o funcionário, que depende daquele dinheiro, que ganha pouco. Então eu acho que o Vasco precisa se reestruturar, começar lá de baixo, do zero", disparou o atleta revelado pela Portuguesa.

Na mesma linha, Leandro continua e faz cobranças mais contundentes ao bom-senso dos diretores vascaínos.

"O torcedor quer muito ajudar, mas o presidente... Vai ter eleição e o presidente que está aí para ser candidato e já está aí prometendo 'ah, eu vou trazer fulano da Europa, vou trazer o ciclano', mas eu acho que antes dele trazer o fulano e o ciclano, ele tem que primeiro colocar o Vasco em ordem. As situação internas em ordem, para depois, sim, sair para contratar", comentou Leandro, que finalizou a ideia lembrando que problemas políticos e de estrutura nos clubes deixam o ambiente desagradável.

"Por que, senão, o que adianta prometer trazer esse e aquele. Aí traz esse e aquele, os caras chegam no clube com salários altos e o funcionário não recebe. Tem jogador desse elenco mesmo com quatro meses de salário atrasado. Isso deixa o ambiente realmente muito ruim", declarou Leandro.

Fonte: Goal.com