Lucas Santos fala da proposta do CSKA e se diz feliz por ter ficado no Vasco

24/02/2019 às 09h20 - FUTEBOL
Foto: Rafael Ribeiro/Vasco.com.brLucas Santos durante o clássico contra o Botafogo
Lucas Santos durante o clássico contra o Botafogo

 

Depois de quase deixar o futebol brasileiro para jogar no CSKA, da Rússia, Lucas Santos já deixou o assunto para trás e diz que voltou suas atenções para "fazer história" com a camisa do Vasco. Após o empate com o Botafogo em 1 a 1 , na noite deste sábado, o atacante disse que a fim das negociações foi o melhor que poderia ter acontecido na sua vida.

- Sabia que era um passo importante na minha carreira, mas sempre disse que queria fazer história com a camisa no Vasco e isso pesou. Estou muito feliz por ter ficado, aqui é minha casa, meu lar e quero mostrar meu futebol para a torcida do Vasco. Foi a escolha certa. Pensei muito e graças a Deus pude ficar. Vai ser uma maravilha renovar.

Lucas Santos reconhece que existe um sonho de atuar na Europa, mas que seja no momento certo. Depois da boa campanha na Copa São Paulo de Futebol Júnior, ele não via a hora de atuar pelos profissionais do Vasco.

- É um sonho de todo jogador atuar na Europa, mas tem que ser com calma. Se foi da vontade de Deus ficar, estou feliz. Lá teria que me adaptar, é um pais frio. Na Copinha já tinha saído alguma coisa que o Valentim usaria os meninos. Quando subi, ele disse que me usaria mais e que eu deveria fazer o que fiz na base... Isso me deixou feliz.

Lucas Santos entrou no segundo tempo do empate com o Botafogo, no Estádio Nilton Santos, e lamentou que a vitória não tenha vindo. Mesmo assim, fez questão de que o time segue invícto na temporada.

- É bom jogador dentro de casa, pois a torcida ajuda muito. Só de estar no Vasco já nos motiva e jogar em São Januário é mais um fator para que a gente possa sair com a vitória. É um estímulo ouvir a torcida chamando meu nome - disse ele, que comemorou o fato de o próximo jogo, pelo Carioca, ser em São Januário, no próximo sábado, contra o Boavista.

Fonte: GloboEsporte.com