Futebol

Luxa já projeta partida contra o Fortaleza: "Temos que nos preparar muito"

9

Um resultado que pode ser explicado por 45 minutos de pouco futebol. Assim foi a derrota do Vasco por 2 a 0, para o Flamengo, nessa quinta-feira (4), no Maracanã. Com isso, a equipe de São Januário chega a 17 jogos sem vitória sobre o rival e volta a ficar ameaçada no campeonato.

O Vasco iniciou a partida tentando jogar de forma compacta para anular a velocidade e infiltração do Flamengo. Em alguns momentos, subia a marcação buscando pressionar a saída de bola do adversário, e em outros, recuava o time para tentar anular o ataque rival. Entretanto, isso apenas funcionou nos primeiros minutos.

Quando tinha a bola, o Cruz-Maltino buscava o desafogo com Martín Benítez, porém, muito isolado e marcado forte pelo time do Flamengo – até a metade do primeiro tempo, o argentino havia sofrido quatro faltas – o meia pouco conseguiu contribuir na parte ofensiva do Vasco. O time foi encurralado pelo Rubro-Negro e não tinha solução para sair.

Após boas oportunidades perdidas pelo rival, Léo Matos cometeu um pênalti em Bruno Henrique nos minutos finais da primeira etapa. Gabriel cobrou com categoria e abriu o placar para o Flamengo. O Vasco terminou o primeiro tempo com apenas 28% de posse de bola e nenhuma finalização – o que ilustra o quanto a equipe foi dominada pelo adversário.

No segundo tempo, Vanderlei Luxemburgo fez três alterações no time logo no intervalo. Carlinhos, Juninho e Catatau entraram nos lugares de Gabriel Pec, Benítez e Léo Matos, na tentativa de mudar a situação.

No início, a postura do Vasco foi diferente e ameaçou o Flamengo em alguns lances. Cano e Pikachu tiveram oportunidades, mas pararam na falta de pontaria ou no goleiro Hugo. Após momentos de equilíbrio na partida, o Flamengo voltou ao domínio na metade da etapa final e definiu a vitória com Bruno Henrique, aos 32 minutos.

Apesar da derrota, o Vasco contou com tropeço do Bahia, que o impediu de entrar na zona de rebaixamento nessa rodada. Entretanto, o Fortaleza, rival do Cruz-Maltino na próxima rodada, venceu, saiu do Z-4 e ultrapassou o Vasco na classificação. Ou seja, o confronto da próxima quarta-feira, no Ceará, aumentou e muito a sua importância na luta contra a degola.

Em coletiva, Luxemburgo analisou a derrota e destacou o próximo jogo contra o Leão do Pici:

– Foram dois tempos distintos, fomos muito mal no primeiro e melhores no segundo. Mas jogamos contra uma grande equipe, o Flamengo, que é segundo colocado da competição, com jogadores de alto nível e com equipe muito boa. Melhoramos no segundo tempo e levamos o segundo gol quando estávamos equilibrando o jogo. Fortaleza é confronto direto, temos que nos preparar muito – disse o treinador.

O Vasco agora está na 15ª colocação, com 37 pontos, dois a mais que o Sport, primeiro da zona de rebaixamento, mas com um jogo a mais. O duelo contra o Fortaleza, quarta-feira (10), fora de casa, às 19h15, ganha ares de decisão.

Fonte: Esporte News Mundo
  • Quinta-feira, 25/02/2021 às 21h30
    Vasco Vasco 3
    Goiás Goiás 2
    Campeonato Brasileiro São Januário
  • Quarta-feira, 03/03/2021 às 21h00
    Vasco Vasco
    Portuguesa Portuguesa
    Taça Guanabara São Januário
  • Sábado, 06/03/2021 às 21h00
    Vasco Vasco
    Volta Redonda Volta Redonda
    Taça Guanabara Raulino de Oliveira
  • Sábado, 13/03/2021 às 18h00
    Vasco Vasco
    Nova Iguaçu Nova Iguaçu
    Taça Guanabara A definir
  • 20/03 (Sáb) ou 21/03 (Dom)
    Vasco Vasco
    Botafogo Botafogo
    Taça Guanabara Maracanã
  • 24/03 (Qua) ou 25/03 (Qui)
    Vasco Vasco
    Macaé Macaé
    Taça Guanabara São Januário
  • 27/03 (sáb) ou 28/03 (dom)
    Vasco Vasco
    Madureira Madureira
    Taça Guanabara São Januário