Futebol

Luxemburgo projeta ficar mais 2 anos no Vasco

5

Após ter dito logo após a derrota por 2 a 0 para o Flamengo, ainda na quinta-feira, que o rival está em outro patamar de disputa em relação ao Vasco, Vanderlei Luxemburgo concedeu nova coletiva nesta sexta. E justamente o desnível entre os adversários num histórico recente foi abordado à exaustão para o treinador.

Luxa disse que tem o desejo de "mudar essa história", referindo-se à superioridade do Flamengo e ao atual estágio do Vasco dentro dos cenários nacional e internacional, mas destacou que para isso é necessário seguir no clube por pelo menos duas temporadas.

- Não gostaria de entrar no mérito do que aconteceu com o Vasco nos últimos anos, não tenho que analisar. Todos vocês sabem o que aconteceu com o Vasco que gerou esse desnível. Quero participar dessa mudança. Hoje eu estou aqui para ajudar o Vasco a mudar essa história. Tenho falado com os jogadores isso todos os dias. No ano que vem quero um campeonato diferente, com o Vasco brigando na parte de cima da tabela.

- Eu quero ficar no Vasco para brigar na parte de cima da tabela. Não só por um ano, mas quero ficar dois anos pensando na reestruturação, em busca de um grande time, um grande clube restruturado. Quero isso no término da minha carreira. Quero participar dessa história que comecei lá atrás e quero terminar na elite do futebol brasileiro e do sul-americano, com o Vasco disputando Libertadores e grandes competições sul-americanas - afirmou Luxa.

Questionado sobre uma eventual discussão de renovação de contrato após o término do Brasileirão 2020, reiterou que tem de ser colocado na mesa um projeto para o Vasco revisitar o passado glorioso.

- Sobre renovar contrato com Vasco, é claro que vamos ter que ter uma conversa para ver qual proposta que o Vasco tem para se reencontrar com sua história. Os mais velhos conhecem muito bem essa história da Cruz de Malta, da tradição, que consegue fazer jogar de igual para igual.

Luxa foi além e disse que a reestruturação não se restringe à remontagem de um time de futebol, mas também passa por investimento em marketing e num bom tratamento à base vascaína.

- Só existe uma única maneira de se reencontrar com as grandes conquistas e grandeza do clube. Fazer time de futebol bom. Vem torcida, vem sócio-torcedor, faz marketing, consegue trazer bons jogadores. Está aí o segredo do futebol. Não adianta fazer isso e aquilo, diminuir conta. Hoje você tem 60, 70, 80 milhões de dólares de ativo dessa garotada.

- Eu sei que o Talles é visto no mercado como um jogador promissor, assim como Pec, Juninho, Bruno Gomes, que estão sendo observados pelo mercado internacional. Você tem que manter isso para que o clube busque recursos para investir no futebol. O jogador é matéria-prima. Ele não é só meu funcionário. Ele é meu patrimônio e vale dinheiro. Tem que saber gerir. Para se reencontrar como clube, é fazer time de futebol para brigar de igual para igual com outras equipes.
 

Fonte: ge
  • Domingo, 21/02/2021 às 16h00
    Vasco Vasco 0
    Corinthians Corinthians 0
    Campeonato Brasileiro Neo Química Arena
  • Quinta-feira, 25/02/2021 às 21h30
    Vasco Vasco
    Goiás Goiás
    Campeonato Brasileiro São Januário
  • Quarta-feira, 03/03/2021 às 21h00
    Vasco Vasco
    Portuguesa Portuguesa
    Taça Guanabara São Januário
  • Sábado, 06/03/2021 às 21h00
    Vasco Vasco
    Volta Redonda Volta Redonda
    Taça Guanabara Raulino de Oliveira
  • Sábado, 13/03/2021 às 18h00
    Vasco Vasco
    Nova Iguaçu Nova Iguaçu
    Taça Guanabara A definir
  • 20/03 (Sáb) ou 21/03 (Dom)
    Vasco Vasco
    Botafogo Botafogo
    Taça Guanabara Maracanã
  • 24/03 (Qua) ou 25/03 (Qui)
    Vasco Vasco
    Macaé Macaé
    Taça Guanabara São Januário