Luxemburgo revela motivo para concluir negociação de renovação com o Vasco

11/02/2020 às 08h23 - FUTEBOL

Vanderlei Luxemburgo frustrou parte da torcida do Vasco da Gama ao não renovar seu contrato com o clube no final do ano passado. Convidado do Jogo Sagrado nesta segunda-feira (10 de fevereiro), o treinador revelou os bastidores finais da negociação e contou ou o que motivou a encerrar como conversas com o presidente Alexandre Campello.

"Converse bastante com o presidente sobre a minha permanência para o ano seguinte. Falamos sobre o que deve ser cumprido, nós assumimos um compromisso com os atletas, que não estavam em algum momento recuperar as perdas atrasadas. Ajudamos aos funcionários, não tenho nada que falar. do Campello. Mas nós combinamos os jogadores que saem com os seus ganhos no dia. E voltamos com um tempo que deveria ser libertado, no mínimo, por uma vaga na Libertadores ”, disse o comandante.

“Falando disso, foram meu genro e o Márcio negociar. Eu fiz uma proposta, para ficar no Vasco, a mesma coisa que eu fiz no Palmeiras. Aí, discutido para lá, para cá, eles me ligaram avisando que ou o Vasco até chegaria até isso. E eu disse que estava bem, para perguntar ao Vasco se terminou. O Campello disse que terminou, então, eu também disse que terminou. Quando isso aconteceu, deu-se por encerrado. Aí, ele (Campello) me ligou direto. Eu não atendi. Porque ele tinha que acertar com meu empresário e meu genro, que estavam lá. E foi por isso que não fiquei no Vasco da Gama ", completou.

Luxemburgo assumiu o comando do Vasco da Gama na final da temporada 2019, buscando a captura do clube de briga contra o rebaixamento e chegou a colocar uma equipe na disputa por uma vaga na Conmebol Libertadores. Ao todo, o treinador comanda uma equipe em 34 partidas e conquista 12 vitórias, 12 empates e 10 derrotas.

Fonte: Fox Sports