Luxemburgo tem aproveitamento abaixo de 50% em 6 anos

08/05/2019 às 13h13 - CLUBE

A contratação de Vanderlei Luxemburgo pelo Vasco é o triunfo do otimismo em relação às experiências recentes. Em seus trabalhos em cinco clubes recentes, nos últimos seis anos, o técnico acumula menos da metade dos pontos conquistados: um aproveitamento de 49,1%.

Na sua última passagem pelo futebol brasileiro, dirigiu o Sport em 34 jogos e conseguiu 40% dos pontos. Conquistou o Campeonato Pernambucano, mas depois enfileirou maus resultados no Brasileiro, foco do Vasco.

A segunda divisão chinesa também não viu um bom desempenho do comando de Luxemburgo à frente do Tianjin Qanjian. Obteve 44,4% dos pontos, com quatro vitórias. Saiu porque o time estava na oitava posição, longe da zona de classificação à elite chinesa.

Foi para a Ásia após um trabalho ainda pior no Cruzeiro. Foram 19 jogos em que teve aproveitamento de 36,8%, isto é, pouco mais de um terço dos pontos. Acabou demitido.

O seu melhor desempenho recente foi no Flamengo. Conseguiu 63,8% dos pontos, em uma passagem que incluiu dois Brasileiros parcialmente. Tirou o time de zona de rebaixamento em 2014 e depois fracassou no ano seguinte em 2015, o que levou a sua saída.

Antes disso, no Fluminense em 2013, também tinha obtido apenas 38,5% dos pontos, acumulando mais derrotas (10) do que vitórias (7).

Os números não são muito promissores para o torcedor vascaíno. Mas Luxemburgo já conseguiu, sim, tirar um time do rebaixamento, no caso o Flamengo, o que parece ser o principal objetivo da diretoria do Vasco neste ano. Talvez esta seja a aposta do presidente Alexandre Campello.

Fonte: Blog do Rodrigo Mattos - UOL Esportes