Futebol

Luxemburgo tem aproveitamento pior que Sá Pinto e Abel Braga no Vasco

5

Após 11 jogos no comando do Vasco e “virtualmente” rebaixado no Brasileiro, o técnico Vanderlei Luxemburgo tem um aproveitamento pior do que Ricardo Sá Pinto, Ramon Menezes e Abel Braga, outros treinadores que passaram pelo Vasco nesta temporada. Com duas vitórias, quatro empates e cinco derrotas, Luxa tem apenas 30,3% de aproveitamento nesta passagem pelo Cruz-Maltino.

Ricardo Sá Pinto, técnico anterior a Luxemburgo, foi demitido após 15 jogos no comando do Vasco, com 33,3% de aproveitamento. Já Ramon Menezes, que levou o Vasco as primeiras posições do Campeonato Brasileiro no início da competição, mas depois caiu de produção, saiu do clube em outubro tendo somado 56,2% dos pontos disputados.

Já Abel Braga, que começou 2020 no comando do Vasco e ficou no cargo até março, teve 36,1% de aproveitamento.

Luxemburgo tem pelo menos mais um jogo no comando do Vasco. Na próxima quinta-feira, o time encara o Goiás, em São Januário, pela última rodada do Campeonato Brasileiro. O Gigante da Colina ainda tem chances matemáticas de se salvar, mas precisa de uma combinação de resultados improváveis: vencer o Goiás, torcer para o Fortaleza perder do Fluminense e tirar uma diferença de 12 gols de saldo.

CONFIRA OS NÚMEROS DOS TREINADORES DO VASCO EM 2020/21

Abel Braga: 14 jogos – 4 V, 5 E, 5D
Aproveitamento = 36,17%

Ramon Menezes: 16 jogos – 8 V, 3 E, 5D
Aproveitamento = 56,25%

Ricardo Sá Pinto – 15 jogos – 3 V, 6 E, 6 D
Aproveitamento: 33,3%

Vanderlei Luxemburgo – 11 jogos – 2 V, 4 E, 5 D
Aproveitamento: 30,3%

Fonte: Esporte News Mundo