Marcelo Benevenuto evita falar sobre ato de racismo vindo de Maxi López

24/06/2020 às 08h29 - FUTEBOL

Após os treinamentos realizados nesta terça-feira (23), foi a vez de Marcelo Benevenuto responder perguntas na entrevista coletiva pela Botafogo TV. O atleta falou sobre a recuperação de sua lesão, revelou os sentimentos com a saída do ex-companheiro de equipe Joel Carli e além de mencionar nomes importantes que podem conquistar uma vaga ao seu lado na zaga do Botafogo.

Depois do zagueiro elogiar o posicionamento do Glorioso contra a volta dos Campeonatos, o Esporte News Mundo perguntou ao atleta se após sofrer o infeliz ato de racismo vindo de Maxi López, ex-Vasco, o Botafogo deu o suporte suficiente para ele enfrentar essa situação. Finalizando, perguntamos também se este foi o momento da vida dele em que teve contato mais direto com o racismo e se foi o que mais o abalou.

“Acho que toda forma de preconceito e racismo é ruim. Mas eu já superei isso, eu não sabia que ia repercutir tanto assim esse negócio aí. Mas espero que ele não venha cometer esse tipo de ato novamente. Foi complicado me segurar ali no momento, mas espero que ele tenha se arrependido do que ele me falou.”

O zagueiro chegou ao Botafogo em 2016 e recentemente teve seu contrato renovado até 2023. Desde sua estréia pelo Alvinegro, a participação de Marcelo em jogos pelo Campeonato Brasileiro tem crescido. O atleta de apenas 24 anos participou de 17 jogos, fez 2 gols e deu 1 assistência, só no ano de 2019.

Fonte: Esporte News Mundo