Futebol

Marcelo Cabo fala da previsão de estreia de Léo Jabá e Morato

0

Em constante crescimento. Foi dessa forma que o treinador Marcelo Cabo resumiu o estágio de evolução da equipe cruzmaltina na temporada 2021. Na noite da última terça-feira (30/03), após o empate em 1 a 1 com o Fluminense, pelo Campeonato Carioca, o comandante do Gigante da Colina concedeu entrevista coletiva e não poupou elogios para o planejamento traçado pelo Departamento de Futebol para o início do ano (relembre).

– Tenho que ressaltar o trabalho da preparação física. Não podemos nos esquecer que tivemos apenas cinco dias para trabalhar antes da estreia no Estadual. A evolução física é notória após menos de 30 dias de trabalho. Temos feito rodízio para crescermos individualmente e como equipe. Saem quatro jogadores, voltam quatro jogadores. Tem isso assim porque estamos fazendo pré-temporada dentro da competição. Isso para evitar lesões e potencializar os atletas para o restante do ano. Estamos muito alinhados – disse o treinador, acrescentando logo em seguida.

– Hoje não tivemos Ernando, Talles, Léo Jabá e Morato, por exemplo. Por isso digo que não estamos nem em 50% do que imagino que nossa equipe possa performar. É um trabalho que a médio prazo. O que a torcida do Vasco pode esperar é um time propositivo, que sempre vai buscar a vitória, honrar as tradições do clube. Hoje o Andrey foi muito bem, botei dois meninos muito agudos, que entraram com esse pensamento, de ir pra frente, buscar o resultado. Não saio muito satisfeito pelo empate, pelo contrário, saio muito insatisfeito por não sair com a vitória – completou Marcelo Cabo.

Outros tópicos da entrevista coletiva do técnico Marcelo Cabo:

Empate no clássico 

“Infelizmente saímos com resultado que não foi bom. Na minha opinião, foi muito injusto. Fizemos bom primeiro tempo, depois dos 20 minutos conseguimos equilibrar. Tivemos superioridade na segunda metade do primeiro tempo, saímos para o intervalo com gol. Mas, mais uma vez, houve desatenção na bola parada. O Nenê mudou a batida, geralmente ele bate no segundo pau, mas bateu bola rápida. Foi erro coletivo e tomamos mais um gol”

Domínio no segundo tempo

“Até os 20 minutos a gente estava com o jogo não encaixado, mas depois entramos com Laranjeira e Figueiredo. E quero aqui parabenizar os dois. São duas pratas da casa, duas joias. Ali, eles mudaram o panorama do jogo. Conseguimos propor o jogo, subimos a marcação. Os meninos entraram muito bem. Me deram passe por dentro, profundidade, triangulações e ali o Vasco foi muito superior. Criamos seis chances reais de gol contra duas do Fluminense. Foram 12 a 8 de finalizações, 52% de posse de bola contra 48%. Todos os números foram do Vasco nessa partida. Infelizmente a única coisa que não conseguimos foi sair com a vitória”

Bolas paradas defensivas e efetividade nas conclusões

“Treinamos muito essa bola parada ontem (segunda-feira), temos que continuar treinando exaustivamente. Foi uma mudança de batida do Nenê, fez batida rápida, Fred atacou o espaço e fez o gol. Tem sido o nosso calcanhar de Aquiles, e é o terceiro jogo seguido que levamos gol na bola parada. Achei que melhorou bastante nisso, a gente foi muito bem, mas fiquei muito satisfeito com o que a equipe performou. O Marcos Felipe, junto com o Andrey, deve ter sido o melhor da partida”

Importância de Germán Cano

“O Vasco jogou um clássico ousado, buscou o gol o tempo todo. Independentemente do adversário, o time vai sempre buscar o gol. Cano provou sua qualidade, vai agregar bastante e fez seu primeiro gol na temporada. Criamos muitas oportunidades para ele fazer gols. O Vasco está encorpando dentro da pré-temporada. Perdemos Ernando, Marquinhos Gabriel e Talles. Precisamos dar sequência que a vitória vai acontecer”

Previsão de estreia: Léo Jabá e Morato

“A gente perdeu Talles e Vinícius, por isso tive que lançar Figueiredo e Laranjeira, que vinham respondendo muito bem aos treinamentos. O Laranjeira é um garoto que vem respondendo muito, muito bem. Morato e Léo Jabá vamos ter reunião para analisar o momento físico e técnico deles para saber se poderemos tê-los contra o Bangu”

Posicionamento de Matías Galarza

“A gente não o colocou de ponta, mas de meia-esquerda. Fomos com Pec de ponta-direita, e o Carlinhos de meia central. Claro que uma sessão de treino como foi ontem demanda necessidade de mais repetição. Sem a bola, ele tinha que bloquear a descida do Calegari. Claro que ele vai demorar a adaptar, mas ele vai me dar opção por sua finalização de fora da área e por pisar na área. Me deu boa alternativa com a perda do Talles e do Marquinhos. E pude guardar Laranjeira e Marquinhos como alternativa”

Fonte: Site oficial do Vasco
Loading...
  • Quarta-feira, 07/04/2021 às 21h30
    Vasco Vasco 2
    Tombense Tombense 1
    Copa do Brasil Almeidão
  • Quinta-feira, 15/04/2021 às 19h00
    Vasco Vasco
    Flamengo Flamengo
    Taça Guanabara Maracanã
  • Domingo, 18/04/2021 às 18h30
    Vasco Vasco
    Boavista Boavista
    Taça Guanabara Estádio Elcyr Rezende de Mendonça
  • 24/04 (sáb) ou 25/04 (dom)
    Vasco Vasco
    Resende Resende
    Taça Guanabara A definir
  • A definir
    Vasco Vasco
    Operário Operário
    Campeonato Brasileiro - Série B A definir
  • A definir
    Vasco Vasco
    Ponte Preta Ponte Preta
    Campeonato Brasileiro - Série B A definir
  • A definir
    Vasco Vasco
    Brasil de Pelotas Brasil de Pelotas
    Campeonato Brasileiro - Série B A definir