Marquinho e Richard elogiam Luxemburgo em apresentação

21/06/2019 às 15h02 - FUTEBOL
O meia Marquinho e o volante Richard foram apresentados oficialmente como jogadores do Vasco, no início da tarde desta sexta-feira à tarde, em um hotel na zona oeste do Rio de Janeiro. Os dois são os primeiros reforços do Cruz-Maltino depois da chegada do técnico Vanderlei Luxemburgo e se mostraram muito empolgados com a oportunidade.

- Marquinho dispensa apresentações. Tem uma história linda no futebol. Agradecemos e damos as boas vindas. O Richard fez uma temporada muito boa pelo Fluminense, estava no Corinthians e ficará conosco até o fim do ano. Vai agregar muito ao setor. São dois atletas que estamos bem satisfeitos com a vinda e esperamos ter muito sucesso em conjunto - disse André Mazzuco, diretor executivo do Vasco.

Os dois jogadores assinaram com o Cruz-Maltino até o fim da temporada, sendo que Richard está emprestado pelo Corinthians. Já Marquinho, chega sem vínculo com outro clube e na esperança de recomeçar a carreira no Vasco

- Primeiramente agradecer a recepção do Vasco, e venho muito motivado. Passei por uma lesão muito grave, nunca tive lesão muscular e tive essa no joelho. Vinha sentindo muitas dores e não tinha conseguindo desempenhar meu futebol na volta ao Fluminense - disse Marquinho.

- Queria agradecer ao Vasco pela oportunidade e a Deus por estar em um clube tão grande. Justamente pelo motivo de não ter tido oportunidade no Corinthians, estou aqui. Eu pedi para sair, e quero agradecer ao professor Luxemburgo - completou Richard.

Confira os tópicos da coletiva:

Marquinho, sobre não permanência no Atlhético-PR
- Sai de uma forma turbulenta do Fluminense e isso atrapalhou minha recuperação. Demorei um ano e oito meses para participar de uma partida oficial e logo depois tive o rompimento do tendão. Meu projeto no Atlhetico era fazer o Paranaense. Como o Tiago Nunes já tinha fechado o elenco, contratado alguns jogadores... As pessoas não têm muita paciência e não pensam que o cara ficou um tempo afastado. No segundo turno do campeonato tive uma melhora. Como ele usou mais essa questão do primeiro turno, já tinha contratado jogadores, mas tudo foi sempre muito claro.

Marquinho, sobre posição do Vasco no Brasileiro
- Realmente é muito desconfortável ficar na zona do rebaixamento. Em 2009 (no Fluminense) tínhamos um time bom e ficamos em último em algumas jogadas. É uma série de fatores, e acho que o Vasco não vai retornar, pois o Vanderlei tem um projeto legal para o time. A nossa vinda também vai agregar bastante nessa questão de encorpar mais o time. Alguns jogadores sentem o momento por estarem naquela zona, então acho que a questão do peso, de ter alguém mais velho... Tudo pode agregar em muitas coisas. Tem muito jogador jovens no elenco.

Marquinho, sobre amizade com Leandro Castán
- Inclusive estou expulsando da minha casa, pois ele está lá (risos). Criamos uma amizade forte e gostávamos de ficar mais fora do clube porque o treinador não gostava de brasileiros. Quando ele veio para cá, veio com um propósito de voltar a jogar e foi abraçado. Hoje virou capitão e é uma referência no clube. Quando eu disse que existia uma possibilidade, ele disse por favor venha, pois o clube tem um clima muito legal e tem muito a sua cara e isso pesou bastante.

Richard, sobre chegada ao Vasco
- Quando cheguei ao Fluminense, eu era o Richard do Atibaia. Quando fui para o Corinthians, eu era o Richard do Fluminense. Hoje sou o Richard do Corinthians. Mesmo não tendo oportunidades lá, eu ganhei mais experiência e chego assim ao Vasco. Chego para agregar e tenho certeza que vai dar certo.

Fonte: GloboEsporte.com